Assinar
Cultura

The Club: o “underground” de Leiria ganha um novo espaço

Leiria tem a partir de sexta-feira, 7 de Maio, um novo espaço dedicado à cultura “underground”. The Club promete novas propostas para animar as noites e a programação cultural da cidade.

Leiria tem a partir de sexta-feira, 7 de Maio, um novo espaço dedicado à cultura “underground”. The Club fica na Rua Tenente Valadim, junto ao Ciclo Velho, e promete novas propostas para animar as noites e a programação cultural da cidade.

O projecto é de Anastácio Baptista, Alexandra Rodrigues (do Beat Club) e Carlos Matos (dj Broto Verbo e organizador do Fade In). Em entrevista ao REGIÃO DE LEIRIA, Carlos Matos, o Relações Públicas e Gestor Cultural do espaço, explica o que é o The Club:

O que é o The Club?
É um bar irreverente mas com estilo, punk mas chique, que será, por certo, um espaço de congregação de noctívagos melómanos que não se revêem nas franjas mais mainstream das artes em geral e da música em particular. O investimento da Leirinoites num espaço assim, pretende complementar a aposta de sucesso que Anastácio Baptista e Alexandra Rodrigues fizeram há já quase três anos, quando me convidaram para desenvolver as “Unknown Pleasure Nights”, aos sábados, na casa mãe, o Beat Club.

Faz falta a Leiria um espaço assim, que se assuma de cultura “underground”?
Leiria tem provado ao longo dos anos que, nesta área, tem estado a tempo no seu tempo. Os vários projectos de índole alternativa que têm geminado na cidade ao longo de mais de uma década são casos bem sucedidos. Com o fim do Cinema Paraíso, que era um bar de referência, abriu-se uma brecha que é necessário colmatar. O The Club surge com a premência de prosseguir as políticas estéticas experimentadas nesse antigo local de culto Leiriense, mas com o objectivo de dar ainda mais expressividade, profundidade e personalidade às suas linhas programáticas.

Será uma proposta diferenciada na noite de Leiria?
Sim, pela individualidade, arrojo estético, iconografia, e pela qualidade dos seus argumentos sonoros, imagéticos, cinemáticos e luminosos, onde nem sequer falta um bom e retro néon interior. Para além disso vamos ter um forte e inventivo departamento de imagem e de comunicação que será também uma das marcas do The Club.

O que já está previsto em termos de programação?
Sean Riley será o primeiro músico convidado a tomar conta da selecção musical [sábado, 8 de Maio]. Mas também já estão garantidos Lorenzfaktor, A Boy Named Sue, uma warm-up party dos americanos Setting Sun e Quitzow, e uma afterparty e sessão de autógrafos com os portugueses La Chanson Noire e com o inglês Mister Joe Black.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.