Assinar
Desporto

Organização suspende provas por um dia no Rip Curl Pro Portugal em Peniche

A organização do Rip Curl Pro Portugal, oitava etapa do Circuito Mundial ASP de surf, suspendeu hoje as provas masculinas e femininas devido às condições climatéricas na zona de Peniche.

A organização do Rip Curl Pro Portugal, oitava etapa do Circuito Mundial ASP de surf, suspendeu hoje as provas masculinas e femininas devido às condições climatéricas na zona de Peniche.

“Depois de avaliar as condições em Supertubos, Belgas e Lagido, decidimos parar a competição por um dia”, afirmou Rich Porta, o líder dos juízes da ASP Internacional, acrescentando que “hoje não há muita oferta, enquanto se espera uma tempestade severa durante o dia”.

Sem grandes ondas e com o tempo instável, Porta “excluiu” esta sexta feira do calendário: “Voltamos amanhã de manhã para conferir as condições e fazer nova chamada”.

A competição feminina, cujo período de espera decorre até segunda feira, arrancou na quinta feira, na praia do Lagido, em Peniche, enquanto a prova masculina, com um calendário alargado até 18 de outubro, ainda não teve início.

Foram disputadas três eliminatórias e definidos os confrontos dos quartos de final.

A australiana Stephanie Gilmore, tricampeã e líder do Circuito Mundial ASP de surf, vai defrontar Paige Hareb, enquanto as australianas Chelsea Hedges, finalista vencida da etapa penicheira em 2009, e Claire Bevilacqua vão disputar o acesso às meias finais frente à peruana Sofia Mulanovich, campeã do Mundo em 2004, e a Silvana Lima, respetivamente.

O outro “heat” dos “quartos” vai opor as surfistas com melhores prestações durante as eliminatórias, caso da havaiana Carissa Moore, que protagonizou a melhor prestação do dia ao somar 17 pontos, e da australiana Sally Fitzgibbons (16,83).

Os meteorologistas oficiais do Rip Curl Pro em Portugal preveem a chegada de uma “vaga” de ondas à região de Peniche nas próximas 48 horas. A ondulação pode chegar aos sete metros, refere a organização da prova.

“Os organizadores do evento vão reavaliar amanhã (sábado) de manhã, às 08:00, as condições, para um possível início às 08:30”, conclui o comunicado divulgado no site oficial da ASP na Internet.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.