Assinar
Cultura

Festival Acaso mostra “Cozinheiros” a Leiria e “Tulius Claunus” à Batalha

O Acaso convida o ESTE a mostrar peças em Leiria e Batalha: hoje “Cozinheiros” está no Teatro Miguel Franco, quarta-feira “Tulius Claunus” vai ao Auditório Municipal da Batalha.

Hoje, terça-feira, o festival Acaso convida o ESTE a mostrar “Cozinheiros” no Teatro Miguel Franco. Em Leiria, o teatro começa às 22 horas.

"Cozinheiros"Em “Cozinheiros”, o mundo surge como uma cozinha, onde os homens vão e vêm sem poderem ficar o tempo suficiente.

O mundo onde as amizades, os amores, as desinteligências se apagam tão depressa quanto se acendem. A cozinha de um grande restaurante como um manicómio ou como a sociedade onde “ter” está na razão inversa de “ser”.

Fazendo um estudo de “A Cozinha” de Arnold Wesker a ESTE experimenta de uma forma conceptual um trabalho drástico ao nível da síntese ao mesmo tempo em que explora o sentido da comunicação. Um espectáculo eminentemente físico e gestual onde a verosimilhança se suporta na capacidade de acreditar de quem faz e de quem vê.

O texto e encenação é de Nuno Pino Custódio e a interpretação de Alexandre Barata, Carlos Pereira, Pedro Diogo e Ricardo Brito

A peça é para maiores de 12 anos e os bilhetes custam 7 euros.

"Tulius Claunus"

Quarta-feira, 10 de Novembro, é a vez do Acaso mostrar no Auditório Municipal da Batalha outra peça do ESTE, “Tulius Claunus”.

A partir das 21h30 sobe ao palco um espectáculo de representação total (onde o corpo do actor assume todos os recursos de comunicação).

“Tulius Claunus” tem como ponto de partida o universo de uma feira, onde um comerciante não consegue, no tumulto do comércio numa praça, vender os seus produtos.

Instintivamente, sobe a uma caixa para ver melhor e, com esse gesto, nasce o teatro: ou a excelência da comunicação.

A ideia é de Nuno Pino Custódio e Sérgio Fernandes, que interpreta, a dramaturgia e direcção são de Nuno Pino Custódio. O espectáculo conta com interpretação musical de Pedro Rufin.

“Tulius Claunus” é para maiores de seis ano e tem entrada livre.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.