Assinar
Sociedade

100 mil pessoas esperadas na Passagem de Ano na Nazaré

Segurança pública, saúde e acessibilidades, trânsito e estacionamento, foram os temas abordados na primeira reunião do Serviço Municipal de Protecção Civil para a preparação da festa da passagem de ano.

Segurança pública, saúde e acessibilidades, trânsito e estacionamento, foram os temas abordados na primeira reunião do Serviço Municipal de Protecção Civil para a preparação da festa da passagem de ano.

A operação envolve diversas entidades desde a Capitania do Porto à PSP e GNR, passando pelos Bombeiros Voluntários, Centro de Saúde e Dadores de Sangue.

A novidade deste ano vai para a Cruz Vermelha Portuguesa que vai colaborar com o Agrupamento de Centros de Saúde Oeste Norte.

Segundo uma nota da autarquia, a Cruz Vermelha terá algumas unidades móveis durante os três dias da festa, com o “objectivo de assegurar um serviço de proximidade no que diz respeito à prestação de cuidados primários de saúde”.

“Diversão com moderação” é o apelo da Protecção Civil aos visitantes a quem é pedida “uma atitude preventiva” de modo a evitar excessos.

A organização tem quatro palcos espalhados pela Marginal e um no Largo do Sítio, para uma festa em que são esperados mais de 100
mil visitantes.

À meia-noite, a contagem decrescente faz-se a partir de um relógio projectado na parede do promontório.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.