Assinar
Sociedade

Ladrões roubaram Lotaria de Natal na Batalha

São 30 bilhetes, 150 fracções, num valor total de 2.250 euros. E desapareceram num ápice do quiosque de José Guerra. Foi ao início da tarde de dia 30 de Novembro que a taluda natalícia desapareceu do expositor do Quiosque da Batalha.

São 30 bilhetes, 150 fracções, num valor total de 2.250 euros. E desapareceram num ápice do quiosque de José Guerra. Foi ao início da tarde de dia 30 de Novembro que a taluda natalícia desapareceu do expositor do Quiosque da Batalha.

José Guerra ausentou-se por meros instantes para pedir a alguém que lhe tomasse conta do quiosque enquanto ia à casa de banho. Foi o tempo suficiente para que o azar lhe batesse à porta: os bilhetes da lotaria do Natal tinham desaparecido.

“Vi dois indivíduos estranhos a rondar o quiosque, suspeito que tenham sido eles”, desabafa José Guerra inconformado com
o sucedido. O caso foi participado às autoridades e ao departamento de jogos da Santa Casa da Misericórdia.

“Se eu conseguir identificar as séries, que são muitas, a Santa Casa ainda poderá anular os bilhetes inteiros, agora quanto às séries repartidas já sei que não terei qualquer hipóteses”, lamenta, fazendo contas ao prejuízo.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.