Assinar
Cultura

Paulo Assim vence Prémio Rodrigues Cordeiro

Paulo Carreira, ou Paulo Assim, venceu o III Prémio Rodrigues Cordeiro/Grupo AGM, entregue pela CARTES – Associação de Autores das Cortes.

Paulo Carreira, ou Paulo Assim, venceu o III Prémio Rodrigues Cordeiro/Grupo AGM, entregue sábado pela CARTES – Associação de Autores das Cortes.

Paulo Assim

O autor, residente na Batalha, concorreu com “Asas para ventos da República”, o trabalho escolhido pelo júri para primeiro prémio, no valor de 500 euros.

Esta é a sexta distinção que Paulo Assim recebe este ano, depois do Prémio Nacional de Poesia de Fânzeres e do Prémio Nacional de Poesia Agostinho Gomes, atribuído pelo município de Oliveira de Azeméis.

No início de 2010, o autor recebera o Prémio Gaspar Frutuoso, entregue pela Câmara Municipal de Ribeira Grande, Açores. Pelo meio, Paulo Assim ganhou ainda prémios de poesia em Murtosa e Arruda dos Vinhos.

Em cerimónia na Casa-Museu João Soares, foi ainda distinguido com uma menção honrosa João Rogaciano, de Alverca, por “Res Publica”.

O Prémio Rodrigues Cordeiro é entregue bianualmente e distingue a melhor composição em prosa (conto). Este ano, o concurso tinha como tema obrigatório a República, a propósito do centenário da instauração. A iniciativa da CARTES visa homenagear o autor Xavier Rodrigues Cordeiro, natural da freguesia de Cortes, Leiria.

No fim-de-semana ainda, a associação organizou o SAAL/2010 – 14º Salão Artístico de Autores Locais e lançou a publicação “CARTES em revista 2010”. Em paralelo, Zé Oliveira apresentou a exposição “Vértice”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.