Assinar
Desporto

Director-geral quer União de Leiria “sem esforço pessoal de João Bartolomeu”

O novo director-geral da União de Leiria, Jorge Alexandre, defende que a sua entrada significará um menor envolvimento do presidente da SAD, João Bartolomeu.

O novo director-geral da União de Leiria, Jorge Alexandre, defende que a sua entrada significará um menor envolvimento do presidente da SAD, João Bartolomeu, na gestão da equipa que disputa a Liga de futebol.

“João Bartolomeu tem dado muito à União de Leiria, em detrimento da sua vida pessoal. Chegou a altura da União de Leiria tentar sobreviver sem o esforço pessoal de João Bartolomeu”, afirmou o novo director-geral, antecipando um cenário de menor envolvimento do histórico dirigente, há 24 anos ligado ao clube e líder da SAD desde a criação da mesma, em 1999.

De acordo com Jorge Alexandre, que é também presidente do Tourizense, que disputa a II divisão nacional de futebol e é clube-satélite da Académica, a União de Leiria tentará a manutenção, num lugar tranquilo na primeira metade da tabela.

“Outra das minhas principais batalhas será estabilizar a equipa na Liga, com um orçamento compatível com a nossa realidade”, afirmou, garantindo que o cenário de bancadas praticamente vazias nos jogos dos leirienses também será combatido.

O director-geral diz que “faz doer o coração” o estádio “não ter mil pessoas a ver os jogos”, sendo que a aposta para inverter essa situação passará por “um trabalho junto das escolas e da população”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.