Assinar
Cultura

Barra Talasso apoia documentário “Nazaré, Praia de Pescadores e Zona de Turismo”

A Barra Talasso – empresa promotora do centro de talassoterapia na Nazaré – está a apoiar o restauro do documentário “Nazaré, Praia de Pescadores e Zona de Turismo”, de 1929, realizado por Leitão de Barros

A Barra Talasso – empresa promotora do centro de talassoterapia na Nazaré – está a apoiar o restauro do documentário “Nazaré, Praia de Pescadores e Zona de Turismo”, de 1929, realizado por Leitão de Barros.
Imagem de um fotograma do filme do Leitão de Barros, retirado do site “Amor de Perdição”, da Associação para a promoção do Cinema Português

A obra, restaurada segundo um protocolo com a Cinemateca Portuguesa, é exibida hoje, dia 14, pelas 19h30, em Lisboa, no âmbito do ciclo “Abrir os Cofres – Imagens de Portugal”, numa iniciativa da Comissão Nacional do Centenário do Turismo em Portugal.

Segundo uma nota da Barra Talasso, o apoio para o restauro do documentário foi feito ao abrigo do mecenato, e fica a dever-se “à missão” da empresa na “promoção e valorização do património cultural da Nazaré”.

Para Tânia Silva, da administração da empresa, “é uma honra associar-nos à Cinemateca Portuguesa para assegurar a preservação de um documento que permite compreender a importância da Nazaré enquanto destino turístico”.

“Nazaré, Praia de Pescadores e Zona de Turismo” é, segundo a directora da Cinemateca Portuguesa, Maria João Seixas, “um dos mais antigos filmes de promoção turística no nosso arquivo”.

A concluir, a directora da Cinemateca reconhece “o relevante contributo da Barra Talasso em prol da salvaguarda do património fílmico português, que permitirá assinalar a sua participação nas Comemorações do Centenário do Turismo em Portugal”.

“Nazaré, Praia de Pescadores” é um documentário realizado em 1927 por José Leitão de Barros, que estreou no cinema São Luís, em Lisboa, a 23 de Janeiro de 1929.

O filme ilustra a vida e hábitos dos nazarenos, os pescadores da praia da Nazaré, que se distinguem pela sua indumentária e hábitos tradicionais. O mar e o seu duro modo de vida são os temas centrais. Mostra ainda as práticas artesanais, barcos a remos e redes de pesca, adaptadas às condições naturais de um lugar em que a vida não é fácil.

Artur Ledesma
artur.ledesma@regiaodeleiria.pt

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.