Assinar
Sociedade

Câmara tem solução mas não tem dinheiro para o buraco da Heróis de Angola

A Câmara de Leiria já identificou a origem do abatimento cíclico do piso da Avenida Heróis de Angola. Há duas soluções possíveis, falta o dinheiro para avançar com a intervenção.

O abatimento situa-se no final da Avenida Heróis de Angola

A Câmara de Leiria já identificou a origem do abatimento no piso da Avenida Heróis de Angola. Quase dois anos depois da primeira intervenção (sem sucesso) – sob a orientação do vereador Lino Pereira – ao trabalho dos técnicos da autarquia junta-se agora um estudo geotécnico, com a colaboração do geólogo Francisco Ascenso.

Segundo os técnicos, o problema decorre de “um colector (de águas pluviais e saneamento), que se encontra a uma profundidade de quatro metros, e foi feito há 45 anos, deslocou-se, e o piso abateu”.

Acresce que aquela é uma zona de lodo, uma vez que o curso do rio passou em tempos por ali, o que parece dificultar a resolução do problema.

“O abatimento do piso, desta vez, foi consequência da compactação que fizemos no local, anteriormente”, explica uma das técnicas, acrescentando as duas soluções possíveis:

“Ou construímos uma estação elevatória atrás do Edifício 2000 para receber todos os esgotos da zona baixa da cidade, que drenam para aquele colector, ou abrimos uma vala ao longo de toda a avenida e fazemos estacaria”.

“Com dinheiro tudo se pode fazer”, lembra Fernando Almeida, gestor e coordenador funcional do Departamento de Obras Municipais. Para já, esse parece ser o impasse para qualquer deliberação.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.