Assinar Edições Digitais
Sociedade

Hospital Termal das Caldas suspende tratamentos devido a resultado de análises

Os tratamentos termais no Hospital das Caldas da Rainha estão a partir de hoje suspensos devido ao resultado de análises que ditaram a necessidade de fazer uma intervenção nas estruturas técnicas.

Os tratamentos termais no Hospital das Caldas da Rainha estão a partir de hoje suspensos devido ao resultado de análises que ditaram a necessidade de fazer uma intervenção nas estruturas técnicas, informou o Centro Hospitalar Oeste Norte.

O Centro Hospitalar, responsável pelo Hospital Termal das Caldas da Rainha, refere em comunicado que decidiu “antecipar a suspensão dos tratamentos termais, habitual nesta época e com a duração de pouco mais de um mês, de forma a proceder a intervenções correctivas nas infra-estruturas técnicas”.

A decisão teve por base o facto de “em alguns pontos de utilização” terem sido identificados “parâmetros microbiológicos que aconselham as referidas intervenções”, refere o documento.

A suspensão para manutenção da actividade do Hospital Termal envolve apenas a área de hidrobalneoterapia (tratamentos termais), mantendo-se em funcionamento as restantes actividades desenvolvidas pela instituição, nomeadamente massagens, internamento de ortopedia, consultas de psiquiatria e tratamentos de medicina física e de reabilitação.

De acordo com a administração do Centro Hospitalar Oeste Norte (que engloba, para além do Hospital Termal, os hospitais de Caldas da Rainha, Alcobaça e Peniche “a intervenção vai-se realizar no mais curto espaço de tempo possível”, não sendo, para já, apontada nenhum previsão para a reabertura dos tratamentos termais.

A Lusa contactou a administração do hospital para obter mais esclarecimentos sobre a causa do problema nas termas mas até ao momento não obteve resposta.

Lusa