Assinar Edições Digitais
Sociedade

Formação em boccia acolheu 65 participantes

A tarde de sábado em Marrazes, Leiria, foi dedicada ao boccia, um desporto originalmente criado para pessoas portadoras de paralisia cerebral, que consiste em colocar as bolas de cor o mais perto possível de uma bola alvo.

A tarde de sábado em Marrazes, Leiria, foi dedicada ao boccia, um desporto originalmente criado para pessoas portadoras de paralisia cerebral, que consiste em colocar as bolas de cor o mais perto possível de uma bola alvo. Cerca de 65 participantes tiveram contacto com a modalidade.

Professores, técnicos, alunos do ensino superior e utentes da Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral de Leiria, Cercilei e OASIS aprenderam a praticar boccia e a ensinar a atividade a alunos com incapacidade, necessidades educativas especiais e, também, sem deficiência.

O pavilhão desportivo de Marrazes e a escola EB nº2 receberam a formação, organizada pela Escola EB nº2 de Marrazes e do Gabinete Coordenador do Desporto Escolar da DREC, em parceria com a Câmara Municipal de Leiria.