Assinar Edições Digitais
Desporto

Pavilhão de Alvaiázere foi alvo de atos de vandalismo antes da inauguração

As paredes foram grafitadas, os tapetes de relva arrancados e esfregados nas paredes e foram espalhados sacos de betume em piso claro. A autarquia apela à denúncia de atos desta natureza

A inauguração está marcada para o dia 11 de abril, mas cerca de uma semana antes do pavilhão desportivo de Alvaiázere entrar em funcionamento, as paredes do edifício foram alvo de atos de vandalismo. As paredes foram grafitadas, os tapetes de relva arrancados e esfregados nas paredes e foram espalhados sacos de betume em piso claro.

A denúncia do ocorrido foi feita pelo próprio município de Alvaiázere, na sua página oficial, considerando os atos de vandalismo “absolutamente deploráveis e criminosos”.

Na nota pode ler-se ainda que “quem se presta a romper e a espalhar deliberadamente sacos de betume escuro em lagetas de calcário claro, manchando-as irremediavelmente, ou a arrancar tapetes de relva e a esfregá-los ao longo das paredes brancas do edifício, ou ainda a utilizar sprays de tinta para vandalizar paredes de alvenaria e de madeira tratada, só pode ser gente cobarde e sem escrúpulos. Demonstra em última instância, um profundo desrespeito pelo esforço e pelo contributo de todos os portugueses que trabalham e pagam os seus impostos, e em particular para com os alvaiazerenses, a quem se destinam os equipamentos“.

A autarquia apela ainda a todos os munícipes para manifestarem a sua indignação e repúdio em atos desta natureza, denunciando junto das autoridades locais. “Infelizmente, todo aquele que não consegue respeitar os outros e o bem comum, jamais se conseguirá respeitar a si mesmo”, menciona a mesma nota.

Foto: CMA