Assinar
Mercado

Escassez de sardinha faz engordar o preço na lota

Quantidades capturadas caíram para metade em 2012. Com os santos populares na rua e o verão à porta, a cotação disparou, mas os pescadores da região confessam-se preocupados.

Está aberta a época das boas sardinhadas, mas celebrar os santos e festejar o Verão pode sair mais caro do que em anos anteriores, devido à escassez do pequeno pelágio que os portugueses tanto adoram.

Pescadores e governo mostram-se preocupados com as quantidades capturadas, que caíram para metade em 2012. Em Peniche, porto que recebe um décimo da sardinha apanhada em Portugal, a escassez “tem sido compensada com preços muito elevados”, um acréscimo de 30 a 40% face a 2011, de acordo com o presidente da Associação dos Armadores de Pesca do Centro, Humberto Jorge.

Na lota da Nazaré, a espécie foi comercializada a 2,55 euros por quilo, em média, de 4 a 8 de junho, cotação que compara com 1,82 euros por quilo no mês de junho do ano passado, segundo dados da Docapesca.

O volume de sardinha na zona centro diminuiu 53% entre 2002 e 2011, e 55% em toda a costa portuguesa, informa o Ministério da Agricultura e do Mar, um fenómeno que está relacionado com o aumento da temperatura da água, dizem os especialistas.

Leia a reportagem na íntegra na página 22 da edição de 15 de junho de 2012.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.