Assinar
Sociedade

Novo assalto violento atinge casal de idosos em Caranguejeira

A situação envolveu um casal de 59 e 60 anos que foi assaltado e agredido na madrugada de domingo, em sua casa, por um grupo de cinco indivíduos

Primeiro foi Amor, depois Milagres, seguiu-se Guia e este fim de semana registou-se mais um caso de assalto com violência em Caranguejeira, Leiria.

A situação envolveu um casal de 59 e 60 anos que foi assaltado e agredido na madrugada de domingo, em sua casa, por um grupo de cinco indivíduos, disse à agência Lusa fonte da GNR de Leiria.

A notícia, divulgada através do Diário Digital, revela que a mesma fonte informou que o assalto ocorreu cerca das 3 horas, em Vale Olho/Longra, na freguesia de Caranguejeira.

O Comando Territorial da GNR de Leiria adiantou que o assalto terá sido executado por um grupo de cinco homens armados, de origem brasileira, que levaram da residência cerca de cinco mil euros em dinheiro e um fio de ouro, cujo valor não foi ainda possível avaliar.

“Os cinco homens entraram na residência, amarraram e amordaçaram o casal, mas a mulher conseguiu soltar-se e fugir sem que os assaltantes se apercebessem, tendo pedido auxílio junto de uma vizinha”, disse fonte do comando.

A GNR deslocou-se “imediatamente” para o local, mas já não conseguiu intercetar o grupo, acrescentou a fonte.

O casal sofreu ferimentos e teve de receber assistência no Centro Hospitalar de Leiria, para onde foram transportados pelos Bombeiros Voluntários do concelho.

Por se tratar de um assalto com armas de fogo, as investigações passaram para a alçada da Polícia Judiciária que já se deslocou ao local.

Recorde-se que o primeiro caso de assalto com violência registou-se no passado dia 9 de agosto, em Amor. Dois dias mais tarde, um grupo de quatro encapuzados assaltou um casal de idosos em Triste Feia, na freguesia de Milagres. Uma situação idêntica verificou-se na freguesia da Guia, em Pombal, na madrugada do dia 15 de agosto, com uma das vítimas a precisar de assistência hospitalar.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.