Assinar
Saúde

Proteja-se do sol e do cancro da pele

É possível aproveitar o sol de verão sem correr riscos. A proteção da pele é essencial e os cuidados devem ser redobrados com as crianças, alerta Martinha Henrique, dermatologista no Centro Hospitalar Leiria-Pombal.

É possível aproveitar o sol de verão sem correr riscos. A proteção da pele é essencial e os cuidados devem ser redobrados com as crianças, alerta Martinha Henrique, dermatologista no Centro Hospitalar Leiria-Pombal (CHLP).

As crianças com menos de um ano “não devem ser expostas diretamente ao sol”, adverte a especialista, lembrando que “uma queimadura solar na infância duplica o risco de mais tarde desenvolver um cancro de pele”.

Crianças maiores e adultos devem, por sua vez, evitar a exposição solar em horas de maior risco, isto é entre as 12 e as 16 horas.

O protetor solar deve ser aplicado 30 minutos antes de apanhar sol – sem esquecer o rosto – e renovado de duas em duas horas para quem estiver na praia.

Recomenda-se ainda uma exposição solar lenta e progressiva. E desengane-se quem pensar que em dias de vento e nevoeiro o sol não espreita. “É fácil”, nesses dias, “apanhar escaldões”, refere Martinha Henrique.

Usar chapéu, óculos de sol e roupa e calçado adequados é também fundamental.

Segundo João Coucelo, diretor clínico do CHLP, é ainda imprescindível fazer uma boa hidratação, bebendo entre um litro e meio e três litros de água por dia, sumos de fruta naturais, tisanas ou chá.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.