Assinar
Cultura

Cidade romana em Óbidos prestes a ser considerada Sítio de Interesse Público

Eburobritium, a cidade construída pelos romanos nos finais do século I a. C., está prestes a ser classificada como Sítio de Interesse Público.

Eburobritium

Eburobritium, a cidade construída pelos romanos nos finais do século I a. C. e que teve ocupação humana até à segunda metade do V d. C., está prestes a ser classificada como Sítio de Interesse Público.

O projeto de decisão relativa à classificação da cidade e à fixação da respetiva Zona Especial de Proteção foi publicado em Diário da República terça-feira, o que significa, segundo comunicado da autarquia de Óbidos, “o reconhecimento da importância da Cidade Romana de Eburobritium do ponto de vista arqueológico e da história das cidades romanas da Lusitânia, bem como da sua envolvente, visando salvaguardar a identidade e integridade do monumento e dos valores em presença”.

O processo está disponível para consulta pública na Direção-Geral do Património Cultural, no palácio da Ajuda, em Lisboa, e os elementos relevantes do processo serão divulgados através das páginas eletrónicas www.patrimoniocultural.gov.pt e www.cm-obidos.pt, de forma a facilitar aos interessados a respetiva consulta e a apresentação de observações.

A Câmara Municipal de Óbidos aponta, com base nos prazos legais, que a classificação de Eburobritium se torne efetiva em dezembro.

Durante longo tempo a localização exacta da cidade romana permaneceu desconhecida. A indefinição geográfica alimentou a especulação durante séculos, até que estudos da segunda metade do século XX a posicionaram nas imediações de Óbidos.

No entanto, segundo o IGESPAR, foram as obras de construção do IP6 e do IC1 colocaram a descoberto vestígios da presença romana, possibilitando a condução de escavações no local a partir de meados dos anos noventa.

Saiba mais sobre Eburobritium no site do IGESPAR.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.