Assinar Edições Digitais
Desporto

Ex-administrador da União de Leiria SAD, João Bartolomeu, detido pela PJ

O REGIÃO DE LEIRIA sabe que durante a manhã de hoje vários inspectores da PJ estiveram nas instalações da Materlis, onde realizaram buscas (em atualização)

João Bartolomeu, ex-administrador da União de Leiria SAD e proprietário da empresa Materlis, foi detido nesta segunda-feira pela Polícia Judiciária de Leiria.

A notícia é avançada pela agência Lusa que apurou os acontecimentos junto de uma fonte oficial desta polícia. São no entanto, desconhecidos os motivos que conduziram à detenção.

Segundo a mesma fonte mencionada pela agência Lusa, o empresário vai passar a noite nas instalações da PJ de Leiria e vai ser ouvido terça-feira de manhã em primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Leiria, para aplicação de medidas de coação.

Entretanto, uma fonte ligada à investigação adiantou à Lusa que João Bartolomeu é suspeito de burla qualificada, falsificação de documentos (letras comerciais).

O REGIÃO DE LEIRIA sabe que durante a manhã de hoje, segunda-feira, vários inspectores da Polícia Judiciária estiveram nas instalações da empresa Materlis, onde realizaram buscas e consultaram diversa documentação.

Recorde-se que João Bartolomeu é administrador da empresa que se dedica ao comércio de madeiras e enfrenta um processo de insolvência e até junho passado esteve ligado à SAD da União de Leiria, como administrador.

Além do mercado nacional, a Materlis, localizada na zona industrial dos Pousos, Leiria, está a tentar entrar no mercado angolano.

Mário Cruz, atual presidente da União de Leiria, disse ao REGIÃO DE LEIRIA “lamentar estas notícias”, apesar de “só conhecer o que está a ser divulgado pela comunicação social”.