Assinar Edições Digitais
Desporto

Campo de golfe pode avançar em São Martinho do Porto

A construção de um campo de golfe em São Martinho do Porto, uma pretensão antiga da Câmara de Alcobaça, foi desbloqueada com a alteração da carta da Reserva Ecológica Nacional.

A construção de um campo de golfe em São Martinho do Porto é uma pretensão antiga da Câmara de Alcobaça, que tem sido travada por questões legais ligadas ao ordenamento do território. O projeto foi desbloqueado com a publicação, em Diário da República, da alteração da carta da Reserva Ecológica Nacional (REN).

O projeto, avaliado em 2,5 milhões de euros, pode agora avançar depois de vários anos de negociações entre a Câmara de Alcobaça e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo.

O campo, com 18 buracos, insere-se no projeto de um empreendimento turístico, englobado no Plano de Pormenor do Núcleo de Desenvolvimento Turístico de S. Martinho do Porto, tendo a sua aprovação decorrido do facto de ter sido considerado de “interesse para a região”.

O processo para a construção do campo de golfe já tem alguns anos, mas foi intensificado em 2009 com a aprovação, pelo executivo de Gonçalves Sapinho, do Plano de Estrutura daquela vila. A alteração agora publicada insere-se no Plano Regional de Ordenamento do Território (PROT) do Oeste e Vale do Tejo, que abriu a possibilidade de construção de campos de golfe na Pedra do Ouro e em São Martinho.

(Notícia publicada na edição de 2 de novembro de 2012)

AL