Assinar Edições Digitais
Sociedade

Sexta-feira é dia de pão e broa no Moinho do Papel

No Moinho de Papel, em Leiria, vende-se pão caseiro, todas as sextas-feiras. Pelas 11 horas, o espaço de moagens do Museu abre as portas para vender pão e broa, acabadinhos de fazer

No Moinho do Papel, em Leiria, junto ao jardim de Santo Agostinho, vende-se pão caseiro, todas as sextas-feiras. Pelas 11 horas, o espaço de moagens do Museu abre as portas para vender pão e broa, acabadinhos de fazer.

Ao entrar no edifício, deparamo-nos em frente com a sala de moagem e armazenamento, onde a farinha é confecionada.

À esquerda, fica o forno. “A farinha que uso é toda feita e peneirada no moinho”, afirma Sandra Silva, que tem a concessão do espaço.

Uma hora costuma ser o tempo suficiente para acabar  com o stock de pão, largo, com cerca de 40 centímetros, sobrando apenas algumas broas, também confecionadas no espaço. Na última sexta-feira, quando o REGIÃO DE LEIRIA visitou o espaço, pouco depois do meio dia, já só restava um pão.

Além do pão  e da broa com um custo de um euro, há também broa recheada com chouriço e bacon (1.70 euros) e pão com chouriço (0.80 euros)

Quem preferir levar a farinha para casa e fazer o seu próprio pão, pode faze-lo durante toda a semana (segunda a sexta-feira das 9h30 às 13 horas e das 14 horas às 17 horas, ao sábado das 14 horas às 17h30).

Os interessados podem fazer a encomenda do pão ou adquirir diretamente no local. A responsável do Moinho do Papel confessa que “não se trata de um negócio, mas antes de uma experiência de confeção de pão artesanal ao mesmo tempo em que se dá a conhecer o espaço museológico”.

Informações através do número 244 839 672 ou do email moinhodopapel@cm-leiria.pt