Assinar Edições Digitais
Cantinho dos Bichos

Gatos são adultos a maior parte da vida

Nos cães o cálculo é mais simples. O número de anos do animal vezes sete indica a idade do cão. Nos gatos, as contas são mais complicadas. Depende da raça, se vive dentro ou fora de casa, entre outros aspetos

Nos cães o cálculo é mais simples. O número de anos do animal vezes sete indica a idade do cão. Nos gatos, as contas são mais complicadas. Depende da raça, se vive dentro ou fora de casa, entre outros aspetos.

Regra geral, os especialistas defendem que até aos dois anos o gato é jovem. Entre os três e os 10 anos é adulto e depois torna-se um sénior.

Aos doze meses de vida, o felino atinge o equivalente a 14-16 anos de idade, quando comparado com os humanos. Aos três anos chega aos 28-30 anos e daí para a frente, por cada ano de vida a mais, o animal somará mais quatro anos. O envelhecimento é mais rápido se o felino viver na rua.

As teorias de cálculo divergem e deve basear-se a idade do animal na análise que o veterinário faz, já que os gatos amadurecem de uma forma diferente e mais rápida que os humanos, passando a maior parte da vida como adultos.

É frequente existirem gatos com um tempo de vida superior a 12 anos, o equivalente a mais de 70 anos, daí ser fácil de compreender que a sua agilidade, movimentação e astúcia fiquem condicionadas com o passar dos anos.