Assinar Edições Digitais
Sociedade

Condutor queixa-se de contramão frequente na rotunda aérea dos Parceiros

Um automobilista, da zona de Caldas da Rainha, entrou em contramão na rotunda aérea dos Parceiros. Acabou por chocar contra um veículo que seguia no sentido inverso.

Um automobilista, da zona de Caldas da Rainha, entrou em contramão na rotunda aérea dos Parceiros quando seguia no sentido Leiria-Shopping-Leiria. Acabou por chocar contra um veículo que seguia no sentido inverso, a meio da rotunda.O acidente ocorreu na quarta-feira, dia 27 de março, cerca das 20 horas, tendo resultado apenas danos materiais. Não tendo a polícia sido chamada ao local não haveria registo do embate, não fosse o facto de Gilberto Aguiar ter testemunhado o incidente. Ele que admite ter, há cerca de três meses, entrado também em contramão no mesmo local.

Foto: Joaquim Dâmaso

Por lhe ter acontecido o mesmo, conta que saiu do carro na quarta-feira para transmitir a quem tinha cometido a infração que aquela não era a primeira vez. Apesar de existirem sinais de cedência de passagem e de aproximação de rotunda, além de um separador, Gilberto Aguiar considera que a sinalização é insuficiente e que a configuração da via permite que “as pessoas virem à esquerda”.

Contactada a PSP, fonte da esquadra de Trânsito referiu desconhecer qualquer acidente ou casos de circulação em contramão naquele local. Informou ainda que a situação será avaliada de modo a confirmar se existe ou não algum problema que mereça ser corrigido.

(Notícia publicada na edição de 4 de abril de 2013)

MR