Assinar Edições Digitais
Cultura

Estilhaços. O festival de curtas de cultura alonga-se

Estilhaços está de volta este fim de semana com três dias de curtas-metragens visuais,m sonoras, cinematográficas e performativas no Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria.

É o que se pode chamar um “concentrado de cultura”: Estilhaços está de volta este fim de semana com três dias de curtas-metragens visuais,m sonoras, cinematográficas e performativas.

Nova imagem (1)Após o sucesso da primeira edição, as associações Fade In e ecO repetem a dose no Teatro José Lúcio da Silva, mas agora em triplicado. Nestes dias 27, 28 e 29 os diferentes espaços da maior sala de espetáculos de Leiria são preenchidos por diversos momentos artísticos, que vão de showcases musicais, a instalações, sem esquecer as curtas-metragens de ficção e animação, o cinema documental e experimental, as exposições, a dança e tantas outras propostas.

Organizado em oito “estilhaços”, o evento começa amanhã, sexta-feira, com entrada livre nas duas sessões inaugurais. Depois, o preço dos bilhetes que varia entre um e quatro euros.

Programa

Em permanência no Teatro José Lúcio da Silva:

“A morte não escolhe núpcias”, curta-metragem de ilustração, de João Diogo
“Vanuatu”, desenho na areia
“Tubos de Raios Catódicos”, instalação vídeo

27 de setembro 2013

10h30 – Abertura de portas
11h00 – Animação Infantil, com apresentação do Palhaço Mikas

  •     Steamboat Willie
  •     Felix the Cat – Feline Follies
  •     Flowers and Trees
  •     A Ventoínha e o Candeeiro *
  •     Inquietude *
  •     Lua dos Bebucanos *
  •     Rabiscos *

* Curtas-metragens com curadoria da
      Universidade Lusófona

21h00
– Abertura de Portas
21h30 – Sessão Inaugural ESTILHAÇOS 2013

  •  Estreia de “FÚRIA”, de Tiago Carvalho

21h40 – Intervenção de dança (Escola de Dança Clara Leão)
21h50 – Apresentação ESTILHAÇOS 2013
22h15 – Blackbox DJ Set (com L&E, Vertigo Girl, Rapaz Improvisado)

 

28 de setembro 2013

11h00 – Abertura de portas
11h30 – Curtas-metragens documentais (espaço hádoc)

  • “Ilha das Flores”, de Jorge Furtado (Brasil, 1989, 13’10”)
  • “L’Equipe Petit”, de Dani Resines e Roger Gómez (Espanha, 2011, 10’50”)
  • “A Última Palavra”, de Werner Herzog, (Alemanha, 1968, 12’41”)
  • “The Magnetist”, de Erik Sandberg (Suécia, 2013, 15’18’’)
  • “Photograph of Jesus”, de Laurie Hill (Reino Unido, 2008, 6’50”)

15h00 – Abertura de portas
15h30 – Curtas metragens de ficção

  • “Tejo”, de Henrique Pina (Portugal, 2012, 14’20”)
  •  “Life’s a Soundcheck”, de Nuno Barbosa (Portugal, 2012, 2′)
  • “Momentos”, de Nuno Rocha, (Portugal, 2010, 7’20”)
  • “La Culpa”, de David Victori (Espanha, 2011, 12’52”)
  • “Scruples”, de Adrian Powers (Austrália, 2010, 14’40”)

16h30 – Curtas metragens de animação

  • “Photograph of Jesus”, de Laurie Hill (Reino Unido, 2008, 6’50”)
  • “M”, de Joana Bartolomeu (Portugal, 2012, 9’29”)
  • “Paths Of Hate”, de Damien Nenow (Polónia, 2010, 10’38”)
  • “Junkyard”, de Hisko Hulsing (Holanda/Bélgica, 2012, 17’50’’)
  • “Feral”, de Daniel Sousa (EUA, 2012, 12’46”)

21h30 – Abertura de portas
22h00 – Concerto INDIGNU

29 de setembro 2013

10h30 – Abertura de portas
11h00 – O grande espetáculo do palhaço Mikas
15h00 – Abertura de Portas
15h30 – Showcase Les Crazy Coconuts, com projeção vídeo de João Fonseca
15h50 – Intervenção sonora Godinho Air Guitar God
16h15 – Cinema “Blush”, de Wim Vandekeybus (Bélgica, 2004, 52′, com música original dos Woven Hand)
17h10 – Intervenção sonora Peter Schmeichael Live from NYC
17h30 – Showcase These Are My Tombs, com projeção vídeo de Bruno Botelho Silva
21h00 – Abertura de portas
21h30 – Curtas metragens de ficção (com curadoria da Universidade Lusófona)

  • “A estrela mais brilhante”, de André Matos e Joana Santos (2011, 11’12”)
  • “Mutter”, de Rafael Antunes e Tony Costa (2011, 7’56”)
  • “O troco”, de Soraia Ferreira (2012, 2’54’)
  • “Princesa”, de Fábio Gonçalves (2012, 3’34”)
  • “O rapaz que ouvia pássaros”, de Inês Rueff e João Seguro (2012, 10’32”)
  • “Walkietalkie”, de João Lourenço, (2012, 9′)

22h30 – Curtas metragens de terror/fantástico

  • Estreia de “Anáisa – A Prótese”, de António Cova (Portugal,2013, 27′)
  • “Não sabe/Não responde”, de Pedro Soares FIlipe e Rui Baião (Portugal, 2013, 14′ 35”)
  • “In Chambers”, de Aleksander Noordas (Noruega, 2008, 10’16”)
  • “He Dies At The End”, de Damian Mc Carthy (Irlanda, 2012, 4’30”)
  • “Desespero”, de Rui Pilão (Portugal, 13’, 2013)

23h30 – Intervenção de dança “Retalhos”, ADDDL – Associação de Dança de Leiria
23h30 – DJ Set FadecO collective