Assinar Edições Digitais
Saúde

Farmácia do Hospital de Leiria encerra portas

Dívidas superiores a dois milhões de euros, referentes a rendas em atraso, e consequente declaração de insolvência estão na origem do encerramento.

A farmácia existente no Hospital de Santo André, em Leiria, encerrou portas ontem, quarta-feira.

Foto de arquivo: Sérgio Claro
Foto de arquivo: Sérgio Claro

A informação, divulgada em comunicado, pelo Centro Hospitalar Leiria Pombal (CHLP), esclarece que o encerramento “representa mais uma fase da resolução do conflito com o concessionário Amado Elias Tomaz, Unipessoal, Lda., que se tem arrastado ao longo dos últimos anos, e que agora prossegue em tribunal, onde deverá ficar definida a responsabilidade do pagamento da dívida das rendas em atraso, que ultrapassa os dois milhões de euros, pela concessão da farmácia de venda ao público do HSA”.

Recorde-se que o diferendo entre a empresa farmacêutica e a unidade hospitalar tem já vários meses e, em fevereiro de 2013, a farmácia foi declarada, em tribunal, insolvente, atestando “a incapacidade da concessionária em manter um serviço público desta natureza, tendo o Administrador Judicial promovido o encerramento da farmácia”, dá conta o mesmo documento.

O CHLP lamenta o encerramento da farmácia e adianta que “procurará repor o serviço logo que estejam criadas as condições para celebração de um novo contrato, com um novo concessionário”.