Assinar Edições Digitais
Música

Édith Piaf de Vermoil encanta na televisão e na internet

Patrícia Gameiro tem 36 e nunca tinha pisado um palco. Fê-lo pela primeira vez no casting do concurso Factor X, da Sic, e não lhe podia ter corrido melhor.

Patrícia Gameiro tem 36 e nunca tinha pisado um palco. Fê-lo pela primeira vez no casting do concurso Factor X, da Sic, e não lhe podia ter corrido melhor. Bastou-lhe cantar durante dois minutos para pôr a plateia de pé, deixar o júri boquiaberto e levar Sónia Tavares (vocalista dos The Gift) às lágrimas. O vídeo foi emitido na televisão no domingo passado e já se tornou viral nas redes sociais.

Mas quem é esta cantora desconhecida que, de repente, se transformou num sucesso televisivo? Patrícia vive na Ranha de São João (freguesia de Vermoil) há oito anos mas é, na verdade, natural de Leiria. Viveu na cidade até se casar e trabalhou como assistente social na Cercilei. Há cinco anos que está desempregada e se dedica à lide da casa, ao marido e às duas filhas.

Foram precisamente o marido e as filhas que a incentivaram a participar no concurso da SIC. Patrícia já tinha tentado a sorte noutros dois concursos de talentos mas não tinha passado da fase de castings. Desta vez, deu nas vistas ao interpretar “La vie em Rose”, de Édith Piaf, num francês perfeito – ou não tivesse ela vivido alguns anos em França, onde os pais foram emigrantes.

O júri não quis acreditar no que ouviu e pediu-lhe que cantasse mais um tema. Patrícia interpretou então “Fado”, de Dulce Pontes, e desfez todas as dúvidas. “Obrigado por ter vindo e por me ter mostrado a luz”, disse-lhe o jurado Paulo Ventura, no final da prova.

A cantora segue em frente no programa, agora apoiada pelos fãs que a acompanham através do Facebook. Será que vai conseguir vencer? “Sou modesta, um dia de cada vez”, respondeu à SIC, no dia do primeiro casting.

(Notícia publicada na edição de 10 de outubro de 2013)

Sandra Mesquita Ferreira
sandra.ferreira@regiaodeleiria.pt

p18-images
Patrícia Gameiro surpreendeu o júri do Factor X, ao cantar tema da Édith Piaf