A PSP de Leiria desmantelou hoje um grupo que se dedicava ao tráfico de estupefacientes na zona e na cidade de Leiria, maioritariamente junto a jovens estudantes.

IMG_3964
Algumas armas foram apreendidas no decurso da operação (fotografia: Eduardo Salgueiro)

A operação policial foi desencadeada entre as sete e as onze na manhã, em Leiria e em Porto de Mós, e resultou na detenção de três homens e uma mulher, um deles de nacionalidade portuguesa e três de nacionalidade cabo-verdiana, com idades compreendidas entre os 22 e os 28 anos.

Na sequência da operação “Falcão”, a PSP apreendeu 11.900 doses de haxixe (cerca de 2.380 kg), 700 doses de heroína, 4 doses de cocaína, pequenas doses de liamba, duas plantas, uma balança de precisão e plásticos para o acondicionamento e preparação de doses.

Entre o material apreendido, estavam também medicamentos, material de corte para misturar com o produto estupefaciente.

Durante a ação, a PSP encontrou mais de 40 telemóveis e diversos cartões de operadoras de redes móveis, três computadores portáteis, dois LCDs, um tablet PC, um auto rádio, uma arma de fogo 6.35 mm, uma arma de alarme modificada, três armas brancas, oito munições e uma pressão de ar, 1.555 euros em notas, artigos em ouro, um Volkswagen Polo e diversa documentação.

Segundo a subintendente da PSP, Vera Lourenço, a operação “Falcão” decorreu “no âmbito de um processo que está em investigação desde o início do ano letivo, ou seja, setembro de 2013”.

No âmbito da operação, foram cumpridos nove mandados de busca domiciliária, um deles em Porto de Mós, sete mandados de busca em viatura e um mandado de busca não domiciliária. Estiveram envolvidos 45 elementos da Esquadra de Investigação Criminal da Primeira Divisão de Leiria e da divisão das Caldas da Rainha.

A PSP acredita “que este era um dos principais grupos que vendia diretamente aos jovens estudantes na cidade de Leiria”.

A investigação continua e os detidos, indiciados pela prática de dos crimes de tráfico de estupefacientes, posse de armas ilegais e roubo, vão ser presentes no Tribunal de Leiria amanhã de manhã.

(fotografias: Eduardo Salgueiro)