Assinar
Cultura

Filipa Mota vence prémio “Personalidade Feminina” 2017

A designer de Leiria que surpreendeu Nova Iorque com um vestido feito de garfos, colheres e conchas de sopa, venceu o prémio “Personalidade Feminina” 2017 da revista Lux

A designer de Leiria Filipa Mota venceu o prémio “Personalidade Feminina 2017”, uma iniciativa da revista Lux. O anúncio foi feito ontem, 1 de fevereiro, tendo a artista de Leiria vencido na categoria “Artes Plásticas” e “derrotado” Ana Pérez-Quiroga, autora da “APQHome”, instalação que pôde ser vista no MAAT, em Lisboa, e a artista plástica Joana Vasconcelos.

Os leitores da revista e os visitantes do site lux.pt atribuíram o prémio “Personalidade Feminina” a 13 mulheres que, entre 39 nomeadas, se destacaram nas áreas de Música, Cinema, Teatro, Televisão (Ficção, Entretenimento e Informação), Literatura, Artes Plásticas, Moda, Desporto, Política, Negócios e Solidariedade.

No site da Lux, é referido que “o nome de Filipa Mota não é ainda muito conhecido entre os portugueses, mas os mais atentos ao mundo das artes sabem que é a autora do vestido feito com mais de 400 garfos”.

Para o REGIÃO DE LEIRIA, o talento desta designer de 20 anos não tem passado despercebido. Na edição de 9 de novembro de 2017 deu-lhe honras de primeira página e dedicou-lhe um artigo que pode ler aqui.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.