Select Page

Adjudicação da obra para instalar Loja do Cidadão em Leiria foi impugnada

Situação vai atrasar o início da obra de Leiria, reconhece o presidente de Câmara Raul Castro Foto: Joaquim Dâmaso

A empresa classificada em segundo lugar no concurso para a obra de instalação da Loja do Cidadão em Leiria impugnou a adjudicação no Tribunal Administrativo e Fiscal, disse hoje à agência Lusa o presidente da Câmara Municipal.

“Fomos notificados de que foi interposta uma ação reivindicando alguma pretensa irregularidade, o que vamos contestar”, declarou Raul Castro, eleito pelo PS, reconhecendo que a situação vai atrasar o início da obra.

Em 20 de fevereiro, o município aprovou a adjudicação da empreitada para a adaptação e instalação da Loja do Cidadão no edifício “O Paço”, com um prazo de execução de 250 dias, por cerca de um milhão de euros acrescido de IVA, à empresa Lena – Engenharia e Construções, SA.

Já em 8 de março, a empresa Lado Renovado – Construções, Lda., que ficou classificada em segundo lugar no concurso, remeteu ao Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria a petição inicial que deu origem à ação judicial.

“A autora [Lado Renovado – Construções, Lda.] alega que a proposta apresentada pela Lena – Engenharia e Construções, SA., e respetivos documentos, não se encontra assinada com assinatura eletrónica qualificada, o que, na perspetiva da autora, determina a exclusão do referido concorrente do procedimento de contratação pública aqui em apreço, por alegado incumprimento de uma exigência legal”, esclarece o município numa informação escrita enviada à Lusa.

A Câmara esclarece que “nesses termos e fundamentos” a empresa segunda classificada impugnou judicialmente o ato administrativo praticado pelo município de Leiria, por meio do qual deliberou, em 20 de fevereiro, adjudicar a empreitada à Lena – Engenharia e Construções, SA., empresa que assume neste processo a qualidade de contra-interessada.

A autarquia adianta que “o prazo para efeitos de apresentação de contestação encontra-se a decorrer”, estando o documento em preparação.

Segundo informação disponível no sítio na Internet da autarquia, “o protocolo para a instalação da Loja do Cidadão no antigo Paço Episcopal [edifício ‘O Paço’], no centro da cidade, foi assinado pelo Município com a Agência para a Modernização Administrativa, o Instituto dos Registos e Notariado, a Autoridade Tributária e Aduaneira e o Instituto da Segurança Social no dia 18 de julho de 2017”.

“Este protocolo enquadra-se na estratégia nacional de alargamento da rede de lojas de cidadão com o propósito de oferecer uma maior oferta de serviços públicos, cumprindo também os objetivos de racionalizar geográfica e financeiramente o modelo de distribuição de serviços públicos, sem perda de proximidade para o cidadão e com economias em termos de custos de instalação e exploração”, refere a Câmara.

Neste espaço vão funcionar serviços ligados à Autoridade Tributária, Segurança Social, Instituto dos Registos e Notariado e Serviços Municipalizados de Água e Saneamento.

“Com a Loja do Cidadão, a Câmara de Leiria pretende potenciar o desenvolvimento do Município através dos benefícios que este espaço pode trazer à população em termos de desburocratização e poupança de tempo útil”, acrescenta.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda que avance, a curto prazo, o processo de regionalização?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Semana de Moldes 2018

Guia do Fim de Semana


Subscreva o nosso guia e descubra as melhores propostas culturais e de entretenimento disponíveis na região

Obrigado! Subscreveu com sucesso o nosso guia de fim de semana.

Guia do Fim de Semana


Subscreva o nosso guia e descubra as melhores propostas culturais e de entretenimento disponíveis na região

Obrigado! Subscreveu com sucesso o nosso guia de fim de semana.

Share This