Assinar

Venda automática de bilhetes chega ao Mosteiro em 2019

As bilheteiras automáticas deverão chegar ao Mosteiro da Batalha no próximo ano. A medida foi anunciada recentemente pela diretora-geral do Património Cultural (DGPC), Paula Silva.

imagem do topo das capelas imperfeitas do mosteiro da batalha

As bilheteiras automáticas deverão chegar ao Mosteiro da Batalha no próximo ano. A medida foi anunciada recentemente pela diretora-geral do Património Cultural (DGPC), Paula Silva.

Depois da entrada em funcionamento, no passado dia 15, destas novas bilheteiras no Mosteiro dos Jerónimos e no Museu Nacional da Arqueologia, o Mosteiro da Batalha, bem como o de Alcobaça, o Convento de Cristo, em Tomar e a Torre de Belém, vão passar a integrar o lote de monumentos abrangidos com esta nova opção tecnológica.

Em março deste ano, a introdução da venda automática de bilhetes foi formalizada pela DGPC, com o procedimento para a aquisição de equipamentos. Tal como o REGIÃO DE LEIRIA noticiou em junho, a aquisição compreendia 15 novos equipamentos, no valor de 257 mil euros, e compreendia a instalação de duas máquinas no Mosteiro. Contudo, era ainda incerta a data de introdução das novas bilheteiras no monumento da Batalha.

Depois da entrada em funcionamento das bilheteiras no Mosteiro dos Jerónimos e no Museu Nacional da Arqueologia, Paula Silva anunciou que este novo sistema chega já no próximo ano a vários outros monumentos, incluindo o Mosteiro da Batalha.

As máquinas automáticas aceitam pagamento com dinheiro e também com cartões de crédito e de débito, cuja utilização o Ministério da Cultura pretende incentivar. Redução das filas de espera junto às bilheteiras, uma melhor gestão dos recursos humanos afetos aos espaços, maior segurança e o controlo rigoroso das receitas são algumas das vantagens que a DGPC pretende alcançar com este sistema.

Os bilhetes contemplam as diferentes tipologias em vigor, incluindo os descontos previstos legalmente, como estudantes, seniores e crianças.

A introdução das novas bilheteiras no Mosteiro da Batalha está enquadrada nos planos de requalificação da receção e bilheteira que deverá deixar de ser na igreja, passando para a porta lateral que dá acesso ao Claustro Real.

Artigo originalmente publicado na edição impressa de 29 de novembro de 2018 do REGIÃO DE LEIRIA

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.