Select Page

Venda automática de bilhetes chega ao Mosteiro em 2019

Venda automática de bilhetes chega ao Mosteiro em 2019

As bilheteiras automáticas deverão chegar ao Mosteiro da Batalha no próximo ano. A medida foi anunciada recentemente pela diretora-geral do Património Cultural (DGPC), Paula Silva.

Depois da entrada em funcionamento, no passado dia 15, destas novas bilheteiras no Mosteiro dos Jerónimos e no Museu Nacional da Arqueologia, o Mosteiro da Batalha, bem como o de Alcobaça, o Convento de Cristo, em Tomar e a Torre de Belém, vão passar a integrar o lote de monumentos abrangidos com esta nova opção tecnológica.

Em março deste ano, a introdução da venda automática de bilhetes foi formalizada pela DGPC, com o procedimento para a aquisição de equipamentos. Tal como o REGIÃO DE LEIRIA noticiou em junho, a aquisição compreendia 15 novos equipamentos, no valor de 257 mil euros, e compreendia a instalação de duas máquinas no Mosteiro. Contudo, era ainda incerta a data de introdução das novas bilheteiras no monumento da Batalha.

Depois da entrada em funcionamento das bilheteiras no Mosteiro dos Jerónimos e no Museu Nacional da Arqueologia, Paula Silva anunciou que este novo sistema chega já no próximo ano a vários outros monumentos, incluindo o Mosteiro da Batalha.

As máquinas automáticas aceitam pagamento com dinheiro e também com cartões de crédito e de débito, cuja utilização o Ministério da Cultura pretende incentivar. Redução das filas de espera junto às bilheteiras, uma melhor gestão dos recursos humanos afetos aos espaços, maior segurança e o controlo rigoroso das receitas são algumas das vantagens que a DGPC pretende alcançar com este sistema.

Os bilhetes contemplam as diferentes tipologias em vigor, incluindo os descontos previstos legalmente, como estudantes, seniores e crianças.

A introdução das novas bilheteiras no Mosteiro da Batalha está enquadrada nos planos de requalificação da receção e bilheteira que deverá deixar de ser na igreja, passando para a porta lateral que dá acesso ao Claustro Real.

Artigo originalmente publicado na edição impressa de 29 de novembro de 2018 do REGIÃO DE LEIRIA

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da semana

A carregar

Concorda que o salário mínimo seja diferente para os sectores público e privado?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Publicidade

Semana de Moldes 2018

Share This