Select Page

Jornalistas do REGIÃO DE LEIRIA distinguidos com prémio “Diversidade Cultural”

Jornalista Marina Guerra recebeu o prémio de Pedro Calado, presidente do ACM 

A jornalista Marina Guerra e o fotojornalista Joaquim Dâmaso, do REGIÃO DE LEIRIA, foram distinguidos esta quinta-feira, dia 28, com o prémio “Diversidade Cultural”, pelo trabalho “Diversidade: Escolas da região têm um mundo dentro das salas de aula”, publicado a 25 de janeiro de 2018.

O prémio “Diversidade Cultural” é uma iniciativa do Alto Comissariado para as Migrações (ACM) e distingue trabalhos com um contributo relevante para a promoção da diversidade cultural, o combate à discriminação em função da nacionalidade, etnia, religião ou situação documental.

A reportagem de Marina Guerra e Joaquim Dâmaso venceu na categoria “Órgãos de Informação Regionais e Locais”, ex-aqueo com o trabalho “São pequenos mas podem mudar o mundo”, de Daniela Castro Soares, publicado no Correio da Feira, 18 de junho de 2018.

Nesta edição, os trabalhos “Alfacinhas dos Himalaias – Os nepaleses são a segunda comunidade estrangeira que mais contribui para os nascimentos na MAC”, de Vânia Maia, publicado na revista Visão e no portal visao.pt, no dia 01 de março de 2018, e “Nha Bairro Rio Bom”, de Cláudia Aguiar Rodrigues, divulgado na Antena 1, em 31 de janeiro de 2018, venceram o Prémio Diversidade Cultural 2018. O trabalho de Vânia Maia venceu igualmente na categoria de Imprensa Escrita e o de Cláudia Aguiar Rodrigues arrecadou o Prémio Rádio.

A entrega dos prémios decorreu no Grémio Literário, em Lisboa, numa cerimónia que contou com a presença da secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro, do Alto-comissário para as Migrações, Pedro Calado, e da Vogal do Conselho Diretivo do ACM, Romualda Fernandes.

“A Outra Costa”, da autoria de Sandra Vindeirinho, emitido pela RTP, no dia 25 de outubro de 2018., venceu o Prémio Televisão. “Pare Ser”, de Vanessa Sofia Matos Cabreiras, ganhou o Prémio Jovem, categoria em que Cristiana Patrícia Reis Lopes e Katriel Gonzaga Pedro receberam uma menção honrosa pelo trabalho “Olhares do Mundo”.

“Mar”, de Maria Margarida Gil Lopes e Alexandre Midões de Oliveira venceu o Prémio Diversidade dos Guiões. Henrique Diogo de Castro Ferreira Marques foram distinguidos com uma menção honrosa pelo trabalho “Xavier, o ilusionista”.

Esta edição contou com 65 trabalhos a concurso e que foram avaliados por um Júri constituído por quatro elementos: Fernando Cascais, Docente de Ciências da Comunicação, na Universidade Católica (presidente de júri); Clara Almeida Santos, Professora Auxiliar no Departamento de Filosofia, Comunicação e Informação da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra; Lívio de Morais, Professor e Artista Plástico; e Sandra Batista, do Gabinete de Eventos, Comunicação e Informação, do ACM.

Consulte o trabalho aqui e aqui.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

As autarquias deveriam aplicar coimas aos feirantes pelo lixo deixado no recinto dos mercados de rua?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo