Select Page

Jornalistas do REGIÃO DE LEIRIA distinguidos com prémio “Diversidade Cultural”

Jornalista Marina Guerra recebeu o prémio de Pedro Calado, presidente do ACM 

A jornalista Marina Guerra e o fotojornalista Joaquim Dâmaso, do REGIÃO DE LEIRIA, foram distinguidos esta quinta-feira, dia 28, com o prémio “Diversidade Cultural”, pelo trabalho “Diversidade: Escolas da região têm um mundo dentro das salas de aula”, publicado a 25 de janeiro de 2018.

O prémio “Diversidade Cultural” é uma iniciativa do Alto Comissariado para as Migrações (ACM) e distingue trabalhos com um contributo relevante para a promoção da diversidade cultural, o combate à discriminação em função da nacionalidade, etnia, religião ou situação documental.

A reportagem de Marina Guerra e Joaquim Dâmaso venceu na categoria “Órgãos de Informação Regionais e Locais”, ex-aqueo com o trabalho “São pequenos mas podem mudar o mundo”, de Daniela Castro Soares, publicado no Correio da Feira, 18 de junho de 2018.

Nesta edição, os trabalhos “Alfacinhas dos Himalaias – Os nepaleses são a segunda comunidade estrangeira que mais contribui para os nascimentos na MAC”, de Vânia Maia, publicado na revista Visão e no portal visao.pt, no dia 01 de março de 2018, e “Nha Bairro Rio Bom”, de Cláudia Aguiar Rodrigues, divulgado na Antena 1, em 31 de janeiro de 2018, venceram o Prémio Diversidade Cultural 2018. O trabalho de Vânia Maia venceu igualmente na categoria de Imprensa Escrita e o de Cláudia Aguiar Rodrigues arrecadou o Prémio Rádio.

A entrega dos prémios decorreu no Grémio Literário, em Lisboa, numa cerimónia que contou com a presença da secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro, do Alto-comissário para as Migrações, Pedro Calado, e da Vogal do Conselho Diretivo do ACM, Romualda Fernandes.

“A Outra Costa”, da autoria de Sandra Vindeirinho, emitido pela RTP, no dia 25 de outubro de 2018., venceu o Prémio Televisão. “Pare Ser”, de Vanessa Sofia Matos Cabreiras, ganhou o Prémio Jovem, categoria em que Cristiana Patrícia Reis Lopes e Katriel Gonzaga Pedro receberam uma menção honrosa pelo trabalho “Olhares do Mundo”.

“Mar”, de Maria Margarida Gil Lopes e Alexandre Midões de Oliveira venceu o Prémio Diversidade dos Guiões. Henrique Diogo de Castro Ferreira Marques foram distinguidos com uma menção honrosa pelo trabalho “Xavier, o ilusionista”.

Esta edição contou com 65 trabalhos a concurso e que foram avaliados por um Júri constituído por quatro elementos: Fernando Cascais, Docente de Ciências da Comunicação, na Universidade Católica (presidente de júri); Clara Almeida Santos, Professora Auxiliar no Departamento de Filosofia, Comunicação e Informação da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra; Lívio de Morais, Professor e Artista Plástico; e Sandra Batista, do Gabinete de Eventos, Comunicação e Informação, do ACM.

Consulte o trabalho aqui e aqui.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda com a criação do Museu Salazar?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This