“A demissão do Dr. Hélder Roque é mais uma que se junta ao já enorme rol de demissões por todo o SNS”, aponta Assunção Cristas, líder do CDS-PP e deputada eleita por Leiria. Ao REGIÃO DE LEIRIA, Assunção Cristas refere que “o desespero pela falta de meios e de investimento é evidente e uma constante em todo o país”.

A líder dos centristas lembra que “a pedido do CDS”, já estava “previsto ouvir o Conselho de Administração do Hospital de Leiria no Parlamento, no dia 15”. A demissão de Helder Roque, refere, “só reforça a pertinência da audição”. A deputada eleita por Leiria entende que a resolução deste problema está nas mãos do primeiro-ministro: “enquanto António Costa mantiver a sua insensibilidade social e não reconhecer o caos do SNS, é impossível termos soluções”.