Select Page

Taça de Portugal de XCO volta a Marrazes para testar “nova pista”

Taça de Portugal de XCO volta a Marrazes para testar “nova pista”

Um campo de visão amplo vai ser a principal novidade da 6ª edição da Internacional XCO Marrazes.

Os 400 atletas de cross country olímpico (XCO) que vão estar na pista permanente de Marrazes, no concelho de Leiria, no domingo, vão encontrar uma pista quase a céu aberto, na sequência do corte de árvores que a zona verde à entrada da cidade sofreu nos últimos meses.

“A intervenção acaba por ter mais pontos positivos do que negativos. Temos cerca de 300 metros de troços novos, pequenas alterações, mas a principal diferença vai estar na possibilidade de ver o adversário. Onde há reta, antigamente o campo visual era só de 10 metros, a pista estava invadida de acácias e vegetação, e agora o atleta consegue ver o adversário e até as zonas de pista paralelas”, explica Alexandre Domingues, diretor da prova e membro da secção de ciclismo do Sport Clube Leiria e Marrazes. “Nesse aspeto está brutal”, refere.

A Internacional XCO Marrazes integra a segunda etapa da Taça de Portugal XCO, para as categorias de cadetes, juniores, sub23, elite e masters, num total de 400 atletas. A prova cronometrada decorre num circuito de 4,5 km, com zona de partida ampla, duas zonas de assistência técnica, rockgarden, pumptrack, salto de 80 cm de altura sem drop e descidas com desnível superior a 25%.

A nova paisagem da pista de Marrazes também traz benefícios para o público, com zonas de espetáculo que dão acesso a sete passagens dos atletas, no espaço de 150 metros.

O woodgarden e o rockgarden, conjuntos técnicos formados por troncos de árvores e pedras de grandes dimensões, respetivamente, são duas das zonas com maior afluência de público, devido à exigência técnica que os ciclistas necessitam de aplicar. A Varanda ou o Poço do Inferno são outros spots de maior afluência.

Nos últimos dias têm sido muitos os atletas que têm experimentado a pista e os treinos finais acontecem no sábado, entre as 10 e as 18 horas.

No domingo, dia 7, as primeiras provas oficiais começam às 9 horas e o momento mais aguardado está marcado para as 14h30, com a corrida de sub23 e elite masculinos.

Carlos Coloma, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos, que esteve em Marrazes na inauguração da pista, é presença garantida, tal como os internacionais Simon Laurent, Victor Lab ou os portugueses Mário Costa, David Rosa (atleta olímpico natural de Fátima), Ricardo Marinheiro ou Guilherme Mota, ciclista sub23 da Caranguejeira (Leiria).

Em femininos, a campeã espanhola Rocio Garcia terá que enfrentar as portuguesas Raquel Queirós, Joana Monteiro e Daniela Campos, que no fim de semana passado foi terceira na Taça do Mundo de juniores, em França.

O acesso é gratuito e a prova tem início às 9 horas de domingo e termina pelas 16h30.

Marina Guerra
Jornalista
marina.guerra@regiaodeleiria.pt

Foto de arquivo: Licínio Florêncio

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda com a criação do Museu Salazar?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This