Select Page

A que se deve a presença de espuma nas praias da região?

“É de origem biológica” a espuma que se tem formado na zona de rebentação, em várias praias da região. À redação do REGIÃO DE LERIA têm chegado imagens do areal de São Pedro de Moel e Paredes de Vitória, porém, Paulo Agostinho, capitão do Porto da Nazaré, afirmou ao nosso jornal tratar-se de uma situação decorrente da forte agitação marítima, sendo por isso visível também na Nazaré e em São Martinho do Porto.

Paulo Agostinho assegura que “não há motivo nenhum para preocupação”, acrescentando que se fosse provocada “por contaminação de hidrocarbonetos ou de outra natureza a espuma teria odor e um efeito arco-íris”. “Não é o caso”, assegura.

A mesma fonte adianta ao REGIÃO DE LEIRIA que a situação passará por si e que a bandeira vermelha que tem estado hasteada na praia da Nazaré, por exemplo, se deve à forte rebentação e não a qualquer contaminação da água que possa pôr em risco a saúde dos banhistas.

Situação diferente é a que se verifica na Praia da Vieira, onde os banhos foram desaconselhados na sequência de análises efetuadas às águas balneares, conforme o REGIÃO DE LEIRIA noticiou. Pode ler mais aqui.

1 Comentário

  1. M quilhó

    Agora também vamos ter que levar com a poluição marítima vinda lá da região de Leiria aqui na Nazaré?

    Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda com a criação do Museu Salazar?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This