Foram colocados ontem, quinta-feira, avisos na Praia da Vieira, a desaconselhar a ida a banhos Foto de arquivo

A ida a banhos está desaconselhada na praia da Vieira, em Vieira de Leiria, desde ontem, quinta-feira. Os avisos a desaconselhar a prática balnear foram colocados na praia na quinta-feira, dia 8, confirma ao REGIÃO DE LEIRIA, Paulo Sérgio Agostinho, comandante da capitania da Nazaré.

Esta ação surge na sequência de análises efetuadas às águas balneares. Por indicação do Delegado de Saúde, explica Paulo Sérgio Agostinho, “os banhos na praia da Vieira são desaconselhados até que novas análises comprovem estar reunidas condições para banhos”.

A situação é igualmente confirmada no sítio da internet da Agência Portuguesa do Ambiente, na componente que se refere à qualidade das águas balneares. Pese embora aí ainda não estejam disponíveis os dados referentes às últimas análises, no campo que se refere à semana de 5 a 11 de agosto, a qualidade da água na Praia da Vieira surge já identificada com o símbolo de “banho desaconselhado ou proibido tomar banho”.

No que se refere a esta praia, todas as análises realizadas durante a época balnear até ao final do mês de julho, avaliavam como “excelente” a qualidade da água balnear na Praia da Vieira.

Entretanto, o município da Marinha Grande também já desaconselhou os banhos na foz do rio Lis. Recorde-se que na sequência de uma descarga poluente, ocorrida esta semana no rio Lis, em Galeota (Vieira de Leiria) proveniente da Etar do Coimbrão, Cidália Ferreira exigiu um “forte investimento” nas estações de tratamento de águas residuais (ETAR) ao longo do rio Lis.

CSA

Em 2003, a interdição da Praia da Vieira a banhos devido à descarga de efluentes suinícolas para a Ribeira dos Milagres, que desagua no rio Lis, motivou protestos de comerciantes e moradores Foto de arquivo