Select Page

Crianças desaparecem num pinhal durante atividade de infantário

Duas crianças de dois anos desapareceram num pinhal, na manhã de ontem, terça-feira, na sequência de uma atividade realizada por um infantário em Leiria.

As crianças, uma do sexo feminino e outra do sexo masculino, frequentam o Colégio Infantil Cubo Mágico, nos Marinheiros, em Leiria, e tinham saído em grupo acompanhadas por auxiliares do estabelecimento.

As atividades no exterior são uma prática comum no infantário, nomeadamente naquele pinhal.

De acordo com o Correio da Manhã, antes do meio-dia “uma moradora apercebeu-se de duas crianças sozinhas” e encaminhou-as até umas bombas de combustível próximas, alertando a PSP.

A PSP de Leiria confirmou ao REGIÃO DE LEIRIA que se deslocou, na manhã de ontem, a um posto de abastecimento de combustível nos Marinheiros onde se encontravam as duas crianças, “sem quaisquer ferimentos”. À chegada dos agentes da PSP já estava uma funcionária do colégio no local.

Depois das crianças se juntarem ao restante grupo, a PSP apurou que as auxiliares “presentes no local (pinhal) já se haviam apercebido da falta das duas crianças, andando à sua procura”.

Num comunicado enviado ao REGIÃO DE LEIRIA, o infantário informa que “instaurou um processo de inquérito para averiguação dos factos”, sem adiantar pormenores sobre o caso.

O Cubo Mágico é uma instituição com mais de seis anos e não tinha, até ao momento, “registo de nenhum incidente”, refere o mesmo documento. Acrescenta ainda que o desenvolvimento de atividades exteriores, designadamente de contacto com a natureza, faz parte da filosofia de ensino do colégio.

 

Joana Magalhães
Jornalista
joana.i.magalhaes@regiaodeleiria.pt

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda que a Agência Mundial Antidopagem tenha proibido a Rússia, durante quatro anos, de participar em todas as competições desportivas globais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo