Duas crianças de dois anos desapareceram num pinhal, na manhã de ontem, terça-feira, na sequência de uma atividade realizada por um infantário em Leiria.

As crianças, uma do sexo feminino e outra do sexo masculino, frequentam o Colégio Infantil Cubo Mágico, nos Marinheiros, em Leiria, e tinham saído em grupo acompanhadas por auxiliares do estabelecimento.

As atividades no exterior são uma prática comum no infantário, nomeadamente naquele pinhal.

De acordo com o Correio da Manhã, antes do meio-dia “uma moradora apercebeu-se de duas crianças sozinhas” e encaminhou-as até umas bombas de combustível próximas, alertando a PSP.

A PSP de Leiria confirmou ao REGIÃO DE LEIRIA que se deslocou, na manhã de ontem, a um posto de abastecimento de combustível nos Marinheiros onde se encontravam as duas crianças, “sem quaisquer ferimentos”. À chegada dos agentes da PSP já estava uma funcionária do colégio no local.

Depois das crianças se juntarem ao restante grupo, a PSP apurou que as auxiliares “presentes no local (pinhal) já se haviam apercebido da falta das duas crianças, andando à sua procura”.

Num comunicado enviado ao REGIÃO DE LEIRIA, o infantário informa que “instaurou um processo de inquérito para averiguação dos factos”, sem adiantar pormenores sobre o caso.

O Cubo Mágico é uma instituição com mais de seis anos e não tinha, até ao momento, “registo de nenhum incidente”, refere o mesmo documento. Acrescenta ainda que o desenvolvimento de atividades exteriores, designadamente de contacto com a natureza, faz parte da filosofia de ensino do colégio.

 

Joana Magalhães
Jornalista
joana.i.magalhaes@regiaodeleiria.pt