Select Page

Câmara da Batalha exige a colocação urgente de um médico em S. Mamede

A extensão de saúde de S. Mamede debate-se com falta de médicos desde o passado mês de junho Foto: CMB

O presidente da Câmara da Batalha pediu esta quinta-feira uma audiência com carácter de urgência ao novo secretário de Estado da Saúde, António Sales, para tentar resolver o problema da falta de médico na freguesia de S. Mamede.

O problema que se arrasta desde junho afeta um universo de 1.750 utentes, que integram o ficheiro da Extensão de Saúde de São Mamede (Polo II da USF Condestável).

Considerando a situação da “maior gravidade”, Paulo Batista Santos denuncia, numa nota de imprensa, “a completa indiferença da Administração Regional de Saúde (ARS) do Centro perante as várias diligências encetadas pela Câmara Municipal e pelos responsáveis locais da USF Condestável na procura de uma solução para os utentes de São Mamede” e afirma que este “comportamento gravoso e irresponsável” irá “merecer uma resposta determinada” da autarquia.

Lembrando a “Recomendação Nacional para a colocação dos novos assistentes da área de Medicina Geral e Familiar por Unidade Funcional (USF/UCSP)”, segundo a qual “as carências de médicos de família nas USF são supridas dentro do universo dos profissionais médicos colocados no respetivo ACeS, ou, permitindo à USF exercer o seu direito de convite e, aos médicos, a sua aceitação”, Paulo Batista exige uma urgente decisão quanto à mobilidade de um médico para a unidade de S. Mamede.

E porque “o Ministério da Saúde não está a cumprir com o seu dever, a Câmara recorre ao atual secretário de Estado da Saúde, António Sales, e deputado eleito pelo círculo de Leiria”, refere a mesma nota.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda que a Agência Mundial Antidopagem tenha proibido a Rússia, durante quatro anos, de participar em todas as competições desportivas globais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo