Assinar Edições Digitais
Região à Mesa

Mercearia na Tábua põe Portugal à prova

Liderado por duas sócias, o negócio abriu as portas na Nazaré com a proposta de servir uma seleção cuidada de queijos, enchidos e mais uma série de produtos com origem reconhecida.

Abriu as portas na Nazaré com a proposta de servir uma seleção cuidada de queijos, enchidos e mais uma série de produtos com origem reconhecida

Uma é brasileira, a outra, portuguesa. Embora um oceano separasse os projetos profissionais de Marta Filipe e Adriane Baumhardt, ambas encontraram pretexto no vínculo da amizade para dar vida a um projeto gastronómico com foco nos sabores do solo português. De frente para o mar da Praia da Nazaré, a dupla luso-brasileira comanda desde julho a Mercearia na Tábua que, tal como o nome indica, combina produtos e provas numa mesma morada.

“É uma mercearia que tem degustação”, explica Marta, da forma mais simples possível, antes de apresentar o leque variado de produtos que foram selecionados com ajuda de um especialista. Azeite de Trás-os-Montes, vinagre do Alentejo, queijo da Beira Baixa, conservas do Porto e compotas de Braga são algumas das opções que se apresentam nas prateleiras e que podem completar a versátil estrela principal da casa: a tábua.
Disponível em cinco dimensões, o utensílio fica à vista para que o comensal escolha o formato da experiência de queijos, enchidos e presunto, sempre com a liderança das gerentes. A partir daí, a criatividade, a época e as preferências é que podem definir o caminho do paladar, a ser aproveitado ali ou levado para casa.

“Não há uma tábua igual”, sublinha Adriane, que lembra, por exemplo, a harmonização com frutas frescas, para além das 46 referências de vinhos disponíveis. Com exceção de dois rótulos, todo o resto está disponível para consumo a copo, num formato batizado de tapas experience. “A pessoa pode ir lá de cima, do Minho, até o Alentejo”, refere a sócia.

A bebida ali é tão imponente que ganhou até dinâmica de passatempo. Encostado a uma das paredes está o quadro envidraçado onde o cliente deve escrever um desejo numa rolha oferecida pelas proprietárias e atirar de onde estiver sentado. Reza a lenda da mercearia que, caso acerte, o pedido realizar-se-á. Uma Fontana di Trevi adaptada a Baco que tem feito sucesso entre os comensais.

Embora o conceito não seja de um restaurante tradicional – o forno disponível serve de apoio apenas à chouriça de cebola e à barriga de porco fumada –, uma vez por mês o espaço organiza jantares vínicos com orquestra do enólogo Rodrigo Martins e do chef consultor Vítor de Oliveira. O próximo já tem data marcada e acontece a 16 de novembro ao longo de cinco etapas que tentam homenagear o melhor da região, a exemplo do picadinho de carapau seco que inicia os trabalhos. O custo é de 25 euros e requer reserva.

Mercearia na Tábua

262 562 267
Avenida Manuel Remígio, Edifício Reis, Loja AD, Nazaré
Funcionamento: Das 15h às 22h, com folga aos domingos
Preço médio: De 8 a 40 euros

 

Jessica Germano
Jornalista
jessica.m.germano@regiaodeleiria.pt