Este sábado, 16 de novembro, há duas ações de reflorestação das áreas ardidas em 2017, que prometem plantar mais de 30 mil árvores no Pinhal de Leiria (ou Pinhal do Rei) e na Mata Nacional do Urso, na Lagoa da Ervedeira.

Uma das iniciativas pertence à Embaixada dos Estados Unidos da América em Portugal, que promove a FestVerde entre as 12 e as 17 horas. Todos são convidados a participar na ação, que também envolve a Quercus, e que terá como ponto alto a plantação de 10 mil árvores.

O programa inclui ainda workshops “verdes”, venda de produtos ecológicos, atividades para os mais novos e stands de informação. A localização exacta na FestVerde pode ser encontrada aqui.

Repartida pelo próximo sábado, 16, e pelo dia 23 de novembro, uma outra ação vai deixar a crescer 20 mil pinheiros-bravos e pinheiros-mansos num talhão da Mata Nacional do Urso com 16,8 hectares.

Várias instituições colaboram neste projeto, como a Páginas de Música – Associação de Solidariedade e Apoio Social, que preparou o terreno, num investimento de 19 mil euros, ou o Movimento Terra de Esperança – Fundação Galp, que doa as plantas e organiza a ação de voluntariado no dia 16. A EDP Distribuição também se envolve, oferecendo as árvores para o dia 23, Dia da Floresta Autóctone.

As duas ações decorrem entre as 9h30 e as 13 horas. Os interessados em participar na plantação do dia 16 devem inscrever-se através do site www.terradeesperanca.pt. Para a ação do dia 23, as inscrições devem ser efetuadas até dia 18 para o e-mail diasambiente@cm-leiria.pt ou através deste formulário.

Segundo a Câmara de Leiria, estão ainda previstas novas plantações em janeiro e fevereiro junto à lagoa da Ervedeira e também nas margens dos rios Lis e Lena.

A autarquia explica ainda que “nas regiões com influência mediterrânica, como é o caso de Portugal, as plantações devem ocorrer a partir de outubro/novembro para permitir que as plantas desenvolvam o seu sistema radicular durante o inverno e garantam assim uma maior probabilidade/capacidade de sobrevivência durante o verão”.