Um homem foi identificado ontem, quinta-feira, pela Unidade de Controlo Costeiro, da GNR, ao transportar 504 quilos de pescada sem a medida legal para venda, sendo a carga apreendida.

A ação de fiscalização decorreu no concelho de Leiria e tinha como objetivo o controlo ao transporte de pescado. Segundo informação da GNR, os  militares da Unidade de Controlo Costeiro, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro da Nazaré, detetaram um veículo que transportava pescado mas que não possuía a medida legal para venda (27 cm). Foram apreendidos 504 quilos de pescada, com o valor estimado de 5.040 euros.

Na sequência da apreensão, um indivíduo de 42 anos foi identificado e foi elaborado um auto de contraordenação, cuja coima pode atingir um valor de 37.500 euros.

“Depois de submetida ao controlo higiossanitário, por entidade competente, e por se encontrar própria para o consumo, a pescada foi entregue a várias instituições de solidariedade”, informa a GNR, acrescentando que “um dos fatores de gestão sustentável do pescado é o respeito das medidas mínimas de captura, cujo objetivo é melhorar a rentabilidade potencial do recurso”.