Assinar
Cultura

N’ASA. Dez anos a voar a partir de Leiria na asa do rock português

Na última década foram muitos os concertos dos N’ASA. Este sábado é tempo de comemorar a existência desta banda de amigos de Leiria, apaixonados pelo rock português.

Na última década fizeram vibrar milhares nos bares da região ao som do rock português. Foram muitos os concertos dos N’ASA em dez anos e este sábado é tempo de comemorar. “Ter o privilégio de fazer esta viagem com amigos que hoje considero família a fazer o que mais gostamos, rock português, tem sido fantástico”, conta o vocalista, Marco Pinheiro, um dos dois elementos que se mantém desde a fundação.

O grupo nasceu “da amizade e do gosto pela música”, especialmente rock nacional. Em palco, tocam temas de bandas portuguesas incontornáveis, como os Xutos e Pontapés, GNR ou Quinta do Bill. “À conta disso, foram muitas horas, muitas noites de diversão e conhecemos pessoas novas”.

Apesar do esforço – “tocar num bar requer estar lá às 18 horas para montar tudo e sair de lá às 5, 6 da manhã” – o balanço é positivo. “O feedback tem sido fantástico, com as pessoas a cantar as músicas connosco, músicas portuguesas dos anos 80 e 90. É fantástico ver as pessoas recordarem essas memórias e divertirem-se com nosso som”, frisa Marco Pinheiro.

E a partir daqui? “Queremos procurar novos desafios, mas sem nos esquecermos de onde viemos: somos um grupo de amigos que quer tocar em bares, próximo das pessoas”. A música já levou os N’ASA até Portalegre, por exemplo, e gostavam de tocar mais vezes fora de Leiria. Para o vocalista, ir à Queima das Fitas do Porto era “muito bom”, mas melhor ainda seria levar o rock português ao Canadá ou França. “Era giro tocar para os emigrantes”.

Atualmente os N’ASA são compostos por Marco Pinheiro (vocalista), Tiago Barbosa (guitarra), Hélder Brites (baixo), Kevin Mendes (teclas) e Hugo Bernardino (bateria).

Sábado, 14 de dezembro, há festa no Salão da Cruz da Areia, em Leiria, a partir das 21 horas, com música dos Garage 96, jovens talentos de Leiria e a presença de todos os fundadores. A fechar a noite, há música de Pê.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.