Na final, esta noite, Jordan (5) e André Lourenço (3) marcaram três dos golos de Portugal

Portugal sagrou-se, pela terceira vez na história, campeão do mundo de futebol de praia, ao vencer a equipa italiana por 4-6.

A seleção nacional entrou na partida, disputada no Paraguai, a perder mas deu a volta ao resultado e não mais perdeu a vantagem.

Jordan Santos (nº 5), eleito recentemente melhor jogador do mundo e natural da Nazaré, foi o autor de três dos golos, enquanto o leiriense André Lourenço (nº 3) marcou o terceiro pela equipa das quinas.

Rúben Brilhante (nº 6) foi o terceiro jogador da região a integrar a comitiva nacional. O jogador da Nazaré não saiu do banco mas a data não ficará esquecida, afinal o jovem completou hoje, domingo, 19 anos, precisamente no mesmo dia em que se sagrou campeão do mundo.

Além do trio de atletas, fazem parte da equipa nacional mais dois leirienses: Luís Bilro, treinador adjunto, e Luís Nascimento, fisioterapeuta.