Assinar
Cultura

A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria e Tocándar preparam congresso na Marinha Grande

Tiago Pereira, mentor do projeto A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria (MPGDP), anunciou a intenção de organizar na Marinha Grande “um quase congresso sobre a música afetiva de interesse para as pessoas”, nos dias 30 e 31 de maio.

Tiago Pereira, mentor do projeto A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria (MPGDP), anunciou a intenção de organizar na Marinha Grande “um quase congresso sobre a música afetiva de interesse para as pessoas”, nos dias 30 e 31 de maio.

A ideia está a ser desenvolvida com o grupo de percussão Tocándar e, segundo declarações de Tiago Pereira à agência Lusa, surge da necessidade de não ficar preso a conceitos descritivos sobre património, tradição, oralidade.

“Interessa-nos poder continuar a mostrar isso tudo, mas não podemos dar um nome. Temos de aceitar que não vamos encaixar. O MPGDP só existe porque há pessoas que gostam do que fazem e que nos fazem gravá-las”, diz Tiago Pereira.

Para a Marinha Grande está a ser pensado “um quase congresso desta música afectiva a qualquer pessoa, com um sentimento de interesse”.

Paulo Tojeira, do Tocándar, diz que ainda é cedo para avançar pormenores sobre o que vai acontecer, mas confirma que o “quase congresso” vai integrar a programação, mais vasta, da comemoração dos 20 anos do grupo de percussão da Marinha Grande.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.