Portugal continua em grande no Europeu de andebol e é a grande surpresa da competição se disputa na Noruega, depois de ter garantido hoje, 12 de janeiro, a qualificação para a ronda principal, depois de vencer este domingo a Bósnia-Herzegovina, beneficiando da derrota da França com a Noruega.

Depois do brilharete na jornada inaugural, derrotando a França, Portugal voltou a triunfar sobre os bósnios (27-24) com a particularidade de Pedro Portela, de Leiria, ter marcado dez golos.

Outra figura do encontro foi, novamente, o guarda-redes Alfredo Quintana, mas o ponta direita nacional, formado no Académico de Leiria, foi determinante.

Portugal chegou ao intervalo a vencer por 12-11 e, na segunda parte, após a Bósnia ter passado para a frente do marcador, Pedro Portela entrou em cena e revelou-se decisivo, apontando nove dos dez golos que marcou.

A equipa nacional vai agora disputar terça-feira, dia 14 de janeiro, às 19h30, o primeiro lugar do Grupo D com a Noruega, país anfitrião. Uma situação inesperada, já que o grupo incluía duas das maiores potências mundiais da modalidade, França e Noruega.

Resumo do jogo Portugal – Bósnia-Herzegovina: