Os Postos de Informação e Turismo da Nazaré (PIT) registaram um aumento da procura em 2019, segundo dados divulgados pela câmara e que apontam para a presença de 46.286 pessoas nos postos do Mercado (22.925) e do Sítio (23.361).

A “subida de procura de informações sobre a Nazaré e a sua oferta em 5,89% comparativamente ao ano anterior (2018)” foi divulgada num comunicado da autarquia que dá nota da presença de visitantes de 92 nacionalidades, oriundos dos cinco continentes.

Foram registados turistas do Barém, Barbados, Arménia, São Marino e de São Pedro e Miquelão (coletividade ultramarina francesa localizada a noroeste do Oceano Atlântico, perto da Terra Nova, no Canadá) entre “as novas nacionalidades que, pela primeira vez, elegeram este destino para o seu descanso ou lazer”.

Espanha continua a ser o principal emissor de turistas para a Nazaré, com 24,40%, seguida de França (24,29%), Portugal (10,15%), Brasil (7,26%) e Alemanha (5,73%).

Por regiões, Lisboa, Porto e Leiria foram as três primeiras cidades de origem dos visitantes nacionais. De Espanha, os visitantes vieram de Madrid, Galiza, e Castela e Leão. Já de França, houve turistas de Nouvelle Aquitaine (região de Bordéus; Ile-de-France (região Parisiense) e Auvergne (região de Lyon).

Lusa