Obras terminaram duas semanas mais cedo, com o objetivo de “reduzir os incómodos causados aos habitantes e aos utilizadores daquela estrada” Foto: CMPM

Está concluída a empreitada de estabilização da estrada municipal (EM) 554 no concelho de Porto de Mós. As obras condicionaram o trânsito e isolaram a aldeia de Bezerra desde final de janeiro, obrigando os moradores a acrescentar uma dezena de quilómetros para contornar cerca de 250 metros de troço fechado.

O fim da intervenção acontece duas semanas antes da data prevista, “num esforço acrescido para reduzir os incómodos causados aos habitantes da região e aos utilizadores daquela estrada”, informa em comunicado o município de Porto Mós.

A autarquia acrescenta que a ação tinha o objetivo de “evitar a queda de pedras e escorregamentos de solo, através da remoção dos sedimentos soltos e a posterior pregagem e colocação de rede de dupla torção”. Ainda segundo o município, a EM 554 agora reúne “as condições de segurança necessárias para a circulação de veículos naquele local”.

A via, que serve de ligação entre as localidades da Bezerra e Serro Ventoso, sofreu obras em cerca de 250 metros do troço e teve um custo superior a 100 mil euros.