Um homem, que perseguia a ex-companheira, foi detido pelo Comando Territorial de Leiria, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas, suspeito do crime de violência doméstica.

Numa nota de imprensa, a GNR informa que deteve, na quinta-feira, um homem de 40 anos pelo crime de violência doméstica, no concelho de Leiria.

Na sequência da investigação desta força policial, os militares apuraram que o suspeito agrediu a sua namorada, de 38 anos, durante uma relação de cerca de um ano, “levando ao términus do relacionamento por iniciativa da vítima”.

“O suspeito, que não aceitou o fim da relação, perseguiu a vítima durante os últimos dois meses, controlando toda a sua vida diária na tentativa de reatar a relação amorosa com a mesma, causando-lhe um estado de medo e ansiedade”, acrescenta a mesma nota.

Foi dado cumprimento a um mandado, que culminou na detenção do agressor, que foi presente ao Tribunal Judicial de Leiria no mesmo dia.

O juiz aplicou as medidas de coação de proibição de contacto com a vítima, bem como proibição de deter e adquirir armas de fogo.