Assinar Edições Digitais
Covid-19

Grupo Vangest intensifica medidas contra a Covid-19

“Gabinete de crise está a trabalhar, refinando e aumentando a exigência do plano de contingência e higienização”

O grupo Vangest, com sede na Marinha Grande, decidiu suspender a sua atividade durante dois dias, com o objetivo de intensificar as medidas do seu plano de contingência e para uma melhor higienização das instalações, no âmbito das diretivas nacionais de combate à Covid-19.

“Assumindo as suas responsabilidades e princípios de cidadania, o grupo Vangest está encerrado esta segunda e terça-feira [dia 17]”, revela o administrador, Carlos Oliveira.

Neste período, o “gabinete de crise está a trabalhar, refinando e aumentando a exigência do plano de contingência e higienização do grupo, que será posto em prática esta quarta-feira [dia 18]”, adiantou.

Há duas semanas que a empresa, que tem 280 trabalhadores, “suspendeu todas as viagens e pediu para os clientes não se deslocarem às suas instalações”. O teletrabalho está em prática sempre que possível e, em termos gerais, a Vangest “garante os serviços mínimos no âmbito do plano de contingência”.

O administrador do grupo pede, em termos gerais, “a quem já estiver em condições de trabalhar a partir de casa que o faça, para minimizarmos os efeitos catastróficos da Covid-19”, e apela “à responsabilidade, ao respeito pelas regras e à tomada de precauções para não sermos contaminados pelo flagelo da Covid-19”.