O Governo impôs no domingo o isolamento social à maioria como uma das medidas para tentar travar a pandemia que já infetou 360 mil pessoas em todo o mundo e matou mais de 16.000.
A convite do REGIÃO DE LEIRIA, os médicos da Unidade de Saúde Pública do Agrupamento dos Centros de Saúde Pinhal Litoral (ACES PL) respondem a um conjunto de perguntas para ajudar a explicar a doença Covid–19.
Pode ainda encontrar aqui respostas a questões anteriores.

A expetativa relativamente à descoberta de uma vacina é grande. Mas uma vacina não cura, nem trata. Qual é o principal objetivo?

A vacina não cura nem trata, mas tem um efeito de um valor muito superior, evita o aparecimento da doença. Ou seja, quem nunca contactou com o vírus, que é a maioria da população mundial, é suscetível à infeção, mas se for vacinada fica imune e como tal nunca terá tal infeção.

Considerando as melhores hipóteses, quanto tempo poderá demorar até ser administrada às populações?

A introdução de uma vacina no mercado demora cerca de 12 meses. Tem que passar por diversos testes de segurança antes de ser usada em humanos, nomeadamente teste em animais, teste num número reduzido de humanos e só depois a introdução no mercado. Convém não esquecer que este vírus é novo e, como tal, subsiste algum desconhecimento sobre a imunidade a este vírus.

Este novo coronavírus veio para ficar, a exemplo dos vírus da gripe sazonal ou da gripe A? Isto é, é expectável que regresse também sazonalmente?

Este vírus vai ficar na comunidade, à semelhança de muitos outros. Como tal é possível que periodicamente volte a causar surtos ou epidemias, dependendo da imunidade das populações.

As vacinas contra a gripe sazonal e contra a pneumonia são neste caso ineficazes. Porquê?

Este ano as vacinas disponíveis contra a gripe incluem, pela primeira vez, quatro tipos de vírus da gripe. Contudo, esta vacina não protege contra o coronavírus, dado tratar-se de vírus muito distintos.

O que é a imunidade de grupo?

A imunidade de grupo é uma condição em que os vírus deixam de se poder transmitir de forma ativa na comunidade, por esta estar imune. Assim o vírus não se transmite de pessoa a pessoa.

O que é preciso para atingir a imunidade de grupo?

É necessário que 95% da população fique imune, o que pode acontecer pela vacinação ou por ter contraído a doença

Como se trata a Covid-19 em casa?

Não existe tratamento dirigido para o Covid-19 e os antibióticos, por não serem eficazes nos vírus, não trazem benefícios nesta doença. Em casa, o doente, deve manter-se em autovigilância dos sintomas e, no caso de iniciar dificuldade respiratória ou de agravamento da febre e da tosse, contactar o SNS24 (808 24 24 24) ou o médico de família. O tratamento é dirigido aos sinais e sintomas que os doentes apresentam, nomeadamente a febre.

Qual a medicação e cuidados prescritos?

Os cuidados em casa passam pelo isolamento social, mantendo a distância de outras pessoas, e medidas de suporte.