Por várias vezes o som dos aplausos foi superior ao barulho das sirenes, tão característico de um meio hospitalar.

Esta tarde, pelas 16 horas, uma caravana de carros da PSP, GNR, Bombeiros Municipais e Voluntários de Leiria e de muitas outras corporações da região, a que se juntaram também elementos da Polícia Marítima e INEM, deslocou-se ao Hospital de Santo André (HSA), em Leiria, para homenagear os profissionais de saúde “pelo trabalho abnegado que têm executado em prol dos nossos concidadãos, correndo os riscos inerentes a quem está na frente da batalha, comprovados pelo número de profissionais infetados pela doença Covid-19”.

Na porta de entrada principal do HSA, elementos do comando distrital da PSP entregaram um quadro com a imagem da Torre de Belém aos elementos do conselho de administração do Centro Hospitalar de Leiria.

Depois, o grupo deslocou-se para a entrada das consultas externas, onde atualmente funciona o serviço de urgências, e depois para a área reservada à Covid-19. Nesse local, todos os elementos cantaram o hino nacional.

Nas várias paragens, os diferentes agentes de segurança e proteção bateram palmas mas também foram recebidos, pelos profissionais de saúde, com aplausos.

O objetivo da homenagem, lançada pela PSP a nível nacional, é “demonstrar simbolicamente sentido reconhecimento aos médicos, enfermeiros, auxiliares e demais pessoal de apoio hospitalar, que exercem funções no Hospital de Santo André”, explica a PSP em comunicado.

“Os médicos (incluindo dos cuidados de saúde primários), enfermeiros, auxiliares e demais pessoal de apoio hospitalar têm mantido uma inexcedível postura, altruísta, empenhada e de inabalável dedicação”, acrescenta a PSP.

“Pretende-se com este gesto reconhecer publicamente a dedicação e o trabalho muito meritório que os profissionais de saúde estão a realizar no combate a esta pandemia”, acrescentou o comissário Bruno Soares, da PSP de Leiria, no final da homenagem, sublinhando que a articulação entre todas as instituições que atuam na primeira linha “tem sido excecional”.

“É com muita satisfação que, nós e os nossos profissionais, verificamos que a comunidade, através destes representantes, está connosco nesta altura e reconhece o esforço que todos nós estamos a travar”, referiu por sua vez Licínio Carvalho, presidente do conselho de Administração do Centro Hospitalar de Leiria (CHL), devolvendo o agradecimento à população

Sublinhando a colaboração e solidariedade manifestadas “desde a primeira hora” por várias instituições, câmaras municipais, empresas e particulares, que “têm procurado juntar recursos” para apoiar o CHL, enalteceu a dedicação de todos os profissionais que “não têm poupado esforços” e “têm estado sempre muito disponíveis para tratar os nossos doentes”.