Paulo Batista Santos, presidente do município

O Município da Batalha anunciou esta segunda-feira, dia 20, a aprovação de um plano financeiro de meio milhão de euros para apoiar a revitalização da economia local do concelho.

Considerando que a pandemia do novo coronavírus terá “impactos gravíssimos na saúde” e “consequências ainda incalculáveis na economia e no emprego”, a câmara da Batalha aprovou na reunião do executivo um plano financeiro, que prevê um investimento direto de meio milhão de euros, refere uma nota de imprensa.

O município da Batalha, liderado por Paulo Batista Santos, considera que este impacto económico irá atingir a “qualidade de vida e o bem-estar das famílias e a sustentabilidade das empresas”.

Por isso, esta medida financeira será concretizada no imediato “através da antecipação dos pagamentos a fornecedores locais, retoma do plano de obras previstas, aquisição de fornecimentos, prestação de serviços”, assim como avançando com apoios e prestações socioculturais, decisões com impacto na atividade económica e emprego locais.

A mesma nota revela que, nesta decisão, foram confirmados a realização de investimentos no valor global de 2,2 milhões de euros, nomeadamente, entre outros, a requalificação do antigo campo de futebol para Parque de Eventos Santa Maria da Vitória, a requalificação do Largo da Praça da Fonte, no Reguengo do Fetal, a reabilitação de pavimentos e estradas, a substituição da conduta de água e a reabilitação edifício “Casa da Obra” para residência de estudantes.

“Ainda estamos fortemente empenhados em combater a evolução da covid-19, havendo investimentos importantes a realizar no apoio às famílias, no acompanhamento dos idosos e para o reinício das aulas. No entanto, é essencial revitalizar a economia local e manter os empregos”, salientou Paulo Batista Santos.

Para o presidente, “tão importante como prevenir o contágio da covid-19, será relançar a vida em sociedade, com as precauções necessárias, mas garantindo condições de sustento para as famílias e de sobrevivência para as empresas”.

Na mesma reunião, a Câmara Municipal aprovou por unanimidade um voto de louvor e agradecimento aos “heróis do momento”: profissionais de saúde, forças de segurança, bombeiros, proteção civil e operacionais do ambiente, “que estão a dar o seu melhor na linha da frente”.