A importância do Fortim do Baleal, ou Fortim dos Franceses como também é nomeado, vai ser oficialmente reconhecida, tendo para isso sido iniciado o processo de classificação como Monumento de Interesse Municipal.

Situado no Baleal, na freguesia de Ferrel, em Peniche, o monumento está atualmente numa ruína total, após anos de abandono. Mas verá, agora, realçado o seu papel na história, enquanto peça do conjunto defensivo que incluia a Fortaleza de Peniche, os fortes da Consolação e das Berlegas e outras unidades já destruídas.

Construído em 1808, pelos franceses, durante as invasões napoleónicas, o Fortim do Baleal rapidamente entrou e decadência. Segundo o site monumentos.pt, em 1871 encontrava-se já arruinado.

De acordo com a Junta de Freguesia de Ferrel, a proposta de classificação é da iniciativa da junta em conjunto com a associação Patrimonium Peniche – Centro de Estudos e Defesa do Património da Região de Peniche.

O processo de classificação pode ser consultado na Divisão Administrativa e Financeira do município de Peniche, no Museu de Rendas de Bilros de Peniche, até ao início de junho.